logo
rss  Vol. XX - Nº 353         Montreal, QC, Canadá - sábado, 24 de Agosto de 2019
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Sobre Sainte-Thérèse e Lagoa

LusoPresse em Edição Especial

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

Prometemos lançar um número especial do LusoPresse sobre a particular ligação que existe entre a Lagoa, na ilha de São Miguel, e Sainte-Thérèse, no Quebeque. Obedeceu isto a proposta apresentada, vai para dois anos, a Sylvie Surprenant, «mairesse» da Ville de Sainte-Thérèse, e João Ponte, então presidente da Câmara Municipal de Lagoa e na ocasião de visita a esta cidade-irmã.

Depois de selado o acordo tripartido entre as duas câmaras e o LusoPresse, alguns contratempos surgiram, como o da saída de João Ponte da Câmara Municipal para ir dirigir a Atlânticoline, fator esse que atrasou sobremaneira a efetivação do projeto em tempo mais curto.

Com uma nova situação entre mãos, acabámos por entrar em contacto com Cristina Calisto Decq Mota, a nova presidente de Lagoa, para sabermos se o «acordo assinado» pelo seu antecessor continuaria válido.

Não foi preciso elaborar muito para que a Cristina dissesse que sim, que o acordo era para ser respeitado.

Place Lagoa et eglise Sainte-Therese -d'Avila.jpg

É por todos estes fatores positivos e favoráveis que hoje o LusoPresse lança o seu Jornal Especial Sainte-Thérèse/Lagoa, com 28 páginas – a nossa promessa foi de 16 páginas! –, com mais cor e com papel de melhor qualidade do que da edição habitual. Tudo isto para provar a nossa seriedade para com o público das duas regiões, dos nossos habituais leitores, dos nossos comerciantes e das duas câmaras que, sem elas, claro, este trabalho, por mais apaixonante que fosse, não teria sido possível.

Ponto essencial. Queria aqui, neste texto, salientar a grande importância que os nossos colaboradores, os que assinam os textos desta edição e os que trabalharam na retaguarda, tiveram na preparação e feitura deste jornal especial.

O seu a seu dono!

St. Therese 3.JPG

No texto «Retrospetiva histórica», publicado no interior deste jornal, fala-se que o primeiro passo da geminação entre Sainte-Thérèse e Lagoa foi dado no momento da visita que o então «maire», Senhor Élie Fallu, fez à Lagoa na primavera de 1993. Ora isso é inexato, pois a ida do Senhor Fallu aconteceu somente a 18 de julho de 1993. O Senhor Fallu, depois de ter sido convidado por nós a acompanhar a equipa de futebol veterano da grande região de Montreal (com vários jogadores oriundos da comunidade portuguesa de Sainte-Thérèse), apresentou como condição para nos acompanhar receber um convite formal e oficial da Câmara de Lagoa. Assim sendo, encarregámo-nos de fazer as diligências junto da Câmara e a pessoa contactada não foi outra que Jorge França, que na altura desempenhava as funções de vice-presidente, se a memória me não atraiçoa.

Depois de alguma surpresa, Jorge França prometeu dar andamento ao assunto. Mas ainda antes que a nossa conversa telefónica terminasse, fizemos-lhe uma sugestão: se se confirmar a ida do presidente de Sainte-Thérèse aí, arranjai-lhe uma rua, um beco... que quando a visita for retribuída, cá, ele será obrigado a fazer o mesmo...

A comitiva chegou à Lagoa no dia 18 de julho. A 24, pelas 18h00 locais, procedia-se à inauguração da bela Praça de Sainte-Thérèse com pompa e circunstância, na presença do «maire» Élie Fallu, do presidente lagoense, Luís Martins Mota, e de João Bosco Mota Amaral, na altura presidente do Governo dos Açores.

Não é muita coincidência junta?...

Sobre este tema, se preciso for, voltaremos a ele com mais pormenores.

Destaque
Prometemos lançar um número especial do LusoPresse sobre a particular ligação que existe entre a Lagoa, na ilha de São Miguel, e Sainte-Thérèse, no Quebeque. Obedeceu isto a proposta apresentada, vai para dois anos, a Sylvie Surprenant, «mairesse» da Ville de Sainte-Thérèse, e João Ponte, então presidente da Câmara Municipal de Lagoa e na ocasião de visita a esta cidade-irmã.
JORNAL ESPECIAL.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2019