logo
rss  Vol. XX - Nº 353         Montreal, QC, Canadá - domingo, 17 de Novembro de 2019
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Em Sainte-Thérèse

Imitério Soares – primeiro presidente da associação portuguesa

Por Raul Mesquita

Imitério faz parte do grupo de pioneiros portugueses que chegaram ao Canadá em 1953, em virtude de um entendimento com o governo canadiano, que necessitava de mão-de-obra para vários setores de atividade. Para os dirigentes portugueses era uma boa maneira de aliviar a falta de trabalho que grassava sobretudo nos arquipélagos da Madeira e dos Açores.

Inicialmente vindos a título de experiência – o governo canadiano queria ver se os portugueses seriam capazes de se adaptar aos rigores do clima –, não só esse primeiro contingente se adaptou e criou raízes como o seguiram centenas de outros trabalhadores portugueses vindos de diversas zonas do país.

Os anos passando, as cruezas da emigração foram-se dissipando e uma nova vida se oferecia neste país. Muitos foram os que se fixaram nos arredores de Montreal, Laval e Santa Teresa, onde constituíram famílias procurando dar aos seus filhos uma formação que os afastasse das agruras que os pais viveram.

Um desses pioneiros foi Imitério Soares, homem dinâmico que desde o início se implicou na comunidade portuguesa nascente e que quisemos entrevistar para ouvir as suas opiniões sobre os objetivos e resultados obtidos junto da população quebequense. Porém, todos os nossos esforços foram vãos, talvez por se encontrar no exterior em férias. Daí fazermos este pequeno apontamento em sua homenagem.

Santa Teresa é a cidade geminada com Lagoa, nos Açores, cujo historial estamos a fazer com este número especial do LusoPresse, com a intenção de aproximar as duas comunidades que representam. Foi aí, nos finais de 1973, que um grupo de Portugueses se reuniu com a intenção de fundar uma associação onde pudessem encontrar-se e conviver num espírito sócio-comunitário e, ao mesmo tempo, ajudando a integração na comunidade local.

Depois de preparada a documentação necessária para o registo do organismo este foi oficialmente constituído e formada a primeira direção, que teve como Presidente Imitério Soares. Em maio de 1974 estabeleceu-se a sede e em 1979 a associação comprou o edifício que ainda ocupa na rua Turgeon onde, feitos alguns melhoramentos de adaptação às atividades que desenvolvem, continuam os objetivos da sua fundação, mantendo e melhorando o convívio entre gerações, procurando expandir as tradições portuguesas.

Um belo exemplo do bom entendimento e compreensão entre os portugueses de Santa Teresa e a população de acolhimento, é a implicação na vida política e sociocomunitária da cidade dos lusodescendentes e a constituição de famílias mistas como o caso do nosso pioneiro e primeiro presidente da associação portuguesa, Imitério Soares, casado com uma senhora quebequense.

Especial
Imitério faz parte do grupo de pioneiros portugueses que chegaram ao Canadá em 1953, em virtude de um entendimento com o governo canadiano, que necessitava de mão-de-obra para vários setores de atividade. Para os dirigentes portugueses era uma boa maneira de aliviar a falta de trabalho que grassava sobretudo nos arquipélagos da Madeira e dos Açores.
Imiterio Soares.doc
no
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2019