logo
rss  Vol. XIX - Nº 336         Montreal, QC, Canadá - terça-feira, 02 de Junho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

José Cesário em Montreal

« Tenho mais propostas a fazer...»

Esteve em Montreal como deputado-candidato a substituir-se a si próprio, o ainda Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.

Num dia de forte chuva a assistência foi razoável e o Dr. Luís Aguilar, professor do Instituto Camões em Línguas Portuguesas na Universidade de Montreal, levou consigo uma dezena de alunos seus do curso de Língua Portuguesa que lecciona na supra Universidade.

cesário 013.jpg

Um jovem, falando em nome do grupo, expressou-se num Português bastante compreensível — deve dizer-se que estes alunos estão nos primeiros tempos de aprendizagem — convidando José Cesário a visitá-los numa aula do grupo porque, na sua opinião, eles são agora embaixadores de Portugal, através da aprendizagem da nossa Língua.

A mensagem que Cesário trouxe até nós é uma de esperança e confiança no futuro. Aprecia-se o facto de não ter procurado seguir a via fácil dos louvores duvidosos e ter sido pragmático na sua apreciação da situação que se atravessa em Portugal, dizendo que estamos ainda longe de atingir o que seria ideal porém, os alicerces existem e calmamente e sobretudo com lucidez, poderemos conseguir estabilizar a economia e procurarmos produzir em maior quantidade aquilo que de bom podemos fazer no país.

É evidente que se não se produzir, se formos obrigados a adquirir no estrangeiro aquilo que podemos fazer nós próprios, é difícil — ver impossível — equilibrar a economia nacional. Se o valor das importações for superior ao das exportações, não é preciso ser doutor em finanças para compreender que o défice aumentará. E que o défice só poderá ser atenuado com mais empréstimos. E quem diz empréstimos diz juros a pagar.

Em contrapartida, Portugal tem subido bastante na área do turismo. Sendo um país bonito com gente acolhedora e Sol muro a muro, excelente clima, boa gastronomia a preços bastante acessíveis e deslocações facilitadas por uma boa rede de transportes, Portugal está na linha da frente, não apenas na ocupação temporária para período de férias, como também, na presença de alguns milhares de estrangeiros que já adoptaram o nosso país como local de residência permanente.

Neste campo, muito têm contribuído as diásporas espalhadas pelo mundo que, através dos conhecimentos que têm nas sociedades onde estão inseridos, têm encorajado a visita a Portugal de muitos membros dessas comunidades. E de visita em visita, de grupo em grupo, os que vão ficam contentes e entusiasmam outros a seguir-lhe as peugadas. Deste modo, podem-se contar por centenas ou mesmo milhares, os estrangeiros que desembarcam em Lisboa ou qualquer outro aeroporto do país, voltando encantados com o tempo lá passado.

José Cesário dispôs-se depois às perguntas da assistência, a que respondeu com clareza, garantindo que se continuar no posto, tem algumas propostas a fazer, não apenas ao governo como também aos portugueses espalhados pelo mundo, numa procura de harmonização entre as comunidades e os dirigentes em Portugal, no interesse comum.

Melo e Castro

Política
Esteve em Montreal como deputado-candidato a substituir-se a si próprio, o ainda Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.
Jose Cesario em Montreal.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020