logo
rss  Vol. XIX - Nº 329         Montreal, QC, Canadá - quinta-feira, 28 de Maio de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Em seminário sobre migrações

Daniel Bastos destacou papel da Imprensa Lusófona

O historiador português Daniel Bastos, no decurso do seminário sobre Migrações, subordinado ao tema «A Transformação de uma Mobilidade Herdada», uma iniciativa que decorreu no passado dia 8 de maio no concelho de Fafe, e que foi promovida pela edilidade através do Museu das Migrações e das Comunidades, com o apoio do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais da Universidade Aberta, destacou no decurso dos trabalhos «O papel da Imprensa Lusófona enquanto veículo de informação, cultura e identidade».

Daniel Bastos.jpg

Neste seminário, em que estiveram presentes vários oradores, como os Professores Domingo Luis González Lopo da Universidade de Santiago de Compostela, Victor Pereira da Université de Pau et des Pays de l’Adour e Maria Beatriz Rocha-Trindade, do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais da Universidade Aberta, o historiador natural de Fafe, cujo percurso literário ao longo da última década tem sido alicerçado junto das comunidades lusófonas, realçou as conclusões do seminário internacional «A Imprensa de Língua Portuguesa no Mundo», que decorreu em março de 2014, na Fundação Manuel António da Mota no Porto, e a oficialização em março de 2015 da «Plataforma – Associação dos Órgãos de Comunicação Social Portugueses no Estrangeiro», na reafirmação do papel estruturante da imprensa lusófona no seio das comunidades portugueses.

Para Daniel Bastos, que abordou a geografia da imprensa lusófona num mundo em crescente mobilidade e globalização, a imprensa lusófona desempenha um papel insubstituível e incontornável na promoção da língua, da cultura e da economia nacional no estrangeiro.

Comunicação social
O historiador português Daniel Bastos, no decurso do seminário sobre Migrações, subordinado ao tema «A Transformação de uma Mobilidade Herdada», uma iniciativa que decorreu no passado dia 8 de maio no concelho de Fafe, e que foi promovida pela edilidade através do Museu das Migrações e das Comunidades, com o apoio do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais da Universidade Aberta, destacou no decurso dos trabalhos «O papel da Imprensa Lusófona enquanto veículo de informação, cultura e identidade».
Em seminario sobre migracoes.doc
no
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020