logo
rss  Vol. XIX - Nº 329         Montreal, QC, Canadá - domingo, 05 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Na Universidade de Montreal

Comemorou-se o dia da Língua portuguesa

Vitória Faria

Reportagem de Vitória Faria

Numa iniciativa conjunta do Consulado-Geral de Portugal em Montreal e do departamento dos Estudos Lusófonos da Universidade de Montreal (UdeM), teve lugar no passado dia 8, numa das salas daquela universidade, uma sessão comemorativa do dia da Língua portuguesa e da cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

A sala foi quase exígua para a grande afluência de participantes que foram recebidos por um comité de alunos do curso de língua portuguesa e que fizeram desta atividade um exercício prático, ora acompanhando os presentes interessados pela exposição bilingue «Potencial Económico da Língua Portuguesa/Potentiel économique de la langue portugaise», ora respondendo às questões que lhes eram postas.

A sessão começou com uma alocução de boas vindas do professor Juan Carlos Godenzzi, diretor do Departamento de Línguas Modernas da UdeM durante a qual salientou a importância capital que tem a língua para a identidade de cada um. A certo passo, como não podia deixar de ser, lembrou a famosa frase de Fernando Pessoa «A minha pátria é a língua portuguesa».

11212178_10153561110553352_4210554435947707558_o.jpg

Falou depois o Cônsul-Geral de Portugal em Montreal, Dr. José Guedes de Sousa que sublinhou a importância económica da língua portuguesa, lembrando o peso que ela tem no concerto das principais línguas mundiais. Na sua intervenção, o Dr. Guedes de Sousa fez também questão de nomear alguns indivíduos e instituições que infatigavelmente laboram pela conservação e expansão da língua de Camões nestas terras de imigração.

Falou também a nova Cônsul-Geral do Brasil, Dra. Maria Elisa Theófilo de Luna que tinha acabado de chegar a Montreal havia pouco mais de uma semana e que se mostrou recetiva a conjugar os seus esforços com todos os agentes lusófonos desta cidade para o alargamento e expansão da língua portuguesa.

Foi depois a vez do responsável pelo departamento dos Estudos Lusófonos da Universidade de Montreal e docente do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, Dr. Luís Aguilar, de fazer uma excelente dissertação sobre «Os Potenciais Universal e Económico do Português no Século XXI» (1) durante a qual sublinhou o lugar que o português ocupa a nível mundial, como uma das quatro línguas mais importantes cotejando o inglês, o espanhol e o francês pelos quatro cantos do globo, uma língua que sempre serviu de meio de contacto entre os povos.

Os presentes tiveram também a oportunidade de ouvir a palestra da Dra. Apparecida de Almeida, professora de língua portuguesa e cultura brasileira da UdeM e autêntica pioneira do ensino da língua da lusofonia que no seu saboroso e incisivo discurso soube interpelar com justeza os escolhos que encontrou ao longo da sua carreira.

Sob o título «A Língua Portuguesa no Quebeque e no Canadá», Ricardo Costa, aluno finalista do Curso de Estudos Lusófonos da UdeM, fez-nos tomar consciência da precariedade que ameaça a nossa língua por estas paragens.

No final, depois de ter falado Emanuel Linhares, presidente da Caixa Desjardins Portuguesa, instituição que financiou o evento, houve um porto de honra com pastéis de nata, no seguinte do qual foram divulgados os resultados do Totolíngua a que os presentes tinham sido convidados a participar para avaliar dos seus conhecimentos ortográficos e linguísticos.

(1) www.teiaportuguesa.com

Língua Portuguesa
Numa iniciativa conjunta do Consulado-Geral de Portugal em Montreal e do departamento dos Estudos Lusófonos da Universidade de Montreal (UdeM), teve lugar no passado dia 8, numa das salas daquela universidade, uma sessão comemorativa do dia da Língua portuguesa e da cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
Dia da lingua portuguesa.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020