logo
rss  Vol. XIX - Nº 329         Montreal, QC, Canadá - sábado, 28 de Março de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Campeonato da MLS

Impacto dá sinais encorajantes

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

Depois da Liga de Campeões, onde teve comportamento meritório; conseguido o apuramento para a final do Campeonato Canadiano de Futebol – a final, a duas mãos, disputa-se em agosto (12 e 26) – o Impacto retomou a sua safra no Campeonato da Major League Soccer, competição onde tem ambições de chegar, pelo menos, à fase eliminatória.

Com seis partidas realizadas e cinco pontos obtidos, verdade se diga que as coisas não estão para graças... No entanto, o último jogo já nos deixou a impressão de que o Impacto pode estar a caminho de encarreirar por uma série de bons resultados que o possam catapultar para o cimo da tabela classificativa, até porque os seus antagonistas, principalmente os da Zona Este, já todos perderam pontos numa demonstração cabal do equilíbrio que se verifica entre todos os conjuntos da Major League Soccer.

Goleada ao Real Salt Lake

Quando se diz que o Impacto pode estar a caminho do êxito, o exemplo vem sobretudo daquilo que fez diante do Real Salt Lake, no passado sábado, quando fez um belíssimo jogo, consubstanciado no resultado de 4-1. Goleou um adversário que sem ser das grandes equipas da liga é, para todos os efeitos, uma equipa honesta, que ainda há poucos anos estava conquistando a Taça MLS e que também há vários anos marca sempre presença na fase final da temporada.

Para obter este resultado (4-1) diante dos homens do Estado do Utah, os montrealenses tiveram uma tarde de glória, onde tudo lhes saiu bem, a começar por marcar dois golos rapidamente e um atrás do outro. Depois, num ou outro momento apertado do encontro, lá estava Evan Bush, o guardião americano, para salvar o golo adversário que muito mal poderia ter causado ao conjunto local.

Mas não foi só Evan Bush que esteve muito bem no jogo – fez, quanto a nós, uma das suas melhores exibições desde que é titular da equipa. Dilly Duka, outro jovem americano, também esteve impecável, querendo demonstrar que podem contar com ele. E que dizer de Eric Miller, o defesa esquerdo que até há pouco tempo alguns queriam ver partir para outras paragens? A jogar assim, Donny Toia, que estava a preencher o lugar de forma excelente desde que veio de Los Angeles, sua terra natal, terá dificuldades em desalojar o seu compatriota do lugar... O outro elemento que deu nas vistas foi Dominic Oduro. O ganês está em muito boa forma e com a sua grande velocidade acaba por abrir muitas brechas no adversário. Já Piatti, sempre cheio de classe, não está ainda na sua forma habitual. Quando isso acontecer e a equipa disso perceber, o certo é que o Impacto subirá uns bons furos no panorama futebolístico norte-americano.

Da defesa, ultimamente acusada das derrotas da equipa, já falámos de Miller e Bush. Dos restantes, boa nota para Reo-Coker, o inglês que pode voltar a qualquer momento à Premier League (Inglaterra). O seu destino parece ser o Crystal Palace. Bakary está a subir e parece-nos ser um defesa central de grande valor. Ciman, quanto a nós, apesar de ser bom jogador, parece estar sobrevalorizado.

Quem ainda deixa dúvidas no nosso espírito são os médios Calum Mallace, Marco Donadel e mesmo Andrés Romero, apesar de este ter feito dois golos no jogo. Somos de opinião que Eric Alexander, Jack McInerney e mesmo Patrice Bernier podem (ou devem?) ter uma palavra a dizer... E aqui nem falamos em Justin Mapp, Cameron Porter e Kenny Cooper, por ora lesionados...

Depois deste excelente jogo e ainda melhor resultado, sábado próximo é tempo de receber o Dallas FC, equipa que este ano está a fazer uma magnífica carreira, ocupando mesmo neste momento o primeiro lugar da Zona Oeste, diante de conjuntos fortíssimos como são o Sounders, o La Galaxy, o Sporting Kansas City, e mesmo o Whitecaps... Se ganhar sábado, então sim, podemos estar no dealbar de uma boa época futebolística da parte do Impacto de Montreal.

E é isso que se precisa, por ser a única maneira de se encher, a cada jogo, o estádio.

Desporto
Depois da Liga de Campeões, onde teve comportamento meritório; conseguido o apuramento para a final do Campeonato Canadiano de Futebol – a final, a duas mãos, disputa-se em agosto (12 e 26) – o Impacto retomou a sua safra no Campeonato da Major League Soccer, competição onde tem ambições de chegar, pelo menos, à fase eliminatória.
Campeonato da MLS.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020