logo
rss  Vol. XIX - Nº 325         Montreal, QC, Canadá - segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Apelo à generosidade

Uma pequena flor por uma grande causa

LusoPresse - Os narcisos (jonquilles) da Sociedade Canadiana do Cancro estarão à venda de 26 a 29 de março. Pelo valor de 3 dólares poderá comprar 5 flores. Por 10 dólares poderá adquirir 10 flores.

Durante o mês de abril, «mois de la jonquille», a Sociedade Canadiana do Cancro irá pôr à venda estas pequenas flores por uma grande causa: o narciso é símbolo de vida e prosperidade.

Jean Rousselle mois de la jonquille 2015-1.jpg
Jean Rousselle, deputado de Vimont pelo Partido Liberal do Quebeque e sempre pronto para ajudar todas as causas, na companhia dos porta-vozes da Sociedade Canadiana do Cancro.

Em Laval serão postas em 65 pontos de venda cerca de 70 000 flores. Estarão à venda em centros comerciais, mercados e determinados edifícios com escritórios.

Ao todo, serão vendidas cerca de dois milhões de flores por um total de 20 000 voluntários em 1 800 pontos de venda. Esta iniciativa trará uma receita de cerca de 17 500 dólares à Sociedade Canadiana do Cancro

A porta-voz desta campanha pelo segundo ano consecutivo, Josée Boudreault, que perdeu a sua mãe há três anos vítima de cancro do pulmão, espera que um dia o cancro seja uma doença com cura e assim evitar o sofrimento de um número significativo de pessoas. Lembramos que no Quebeque, em cada 26 minutos morre uma pessoa com cancro.

Com esta campanha, Josée Boudreault pretende sensibilizar as pessoas a contribuírem para esta causa comprando uma simples flor e assim darem o seu contributo para a pesquisa e prevenção desta doença. Por outro lado, é uma forma de dar alguma esperança a todos aqueles que vivem atualmente com a doença e a todos os seus familiares.

Esta iniciativa de venda de Narcisos remonta ao ano de 1957, quando um doador anónimo mandou vir por avião cerca de 5 000 narcisos de Victoria, na Colômbia Britânica, para serem entregues a Fran Shannon, uma voluntária de Toronto que na altura pertencia à Sociedade Canadiana do Cancro. Daí em diante, a campanha foi-se alastrando e no ano de 1961 chega a Montreal, onde até hoje se tem vindo a notar um aumento significativo do envolvimento das pessoas em serviço de voluntariado, bem como o número de flores vendidas tem vindo a aumentar ano após ano.

Comunidade
Os narcisos (jonquilles) da Sociedade Canadiana do Cancro estarão à venda de 26 a 29 de março. Pelo valor de 3 dólares poderá comprar 5 flores. Por 10 dólares poderá adquirir 10 flores.
Uma pequena flor por uma grande causa.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020