logo
rss  Vol. XIX - Nº 324         Montreal, QC, Canadá - terça-feira, 02 de Junho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Mundial Feminino Canadá 2015

A 100 dias do pontapé de saída

LusoPresse – O Campeonato do Mundo de Futebol Feminino, que se disputa no Canadá este verão, está numa azáfama incrível, com promoções por todo o país. De Moncton a Vancouver, de Edmonton a Montreal, passando por Winnipeg e terminando em Otava, os dirigentes da Associação Canadiana de Futebol estão trabalhando afincadamente para que a apresentação desta competição planetária de futebol no país seja um verdadeiro êxito. De resto, é preciso não dececionar os homens e mulheres da FIFA que acreditaram no Canadá como país capaz de organizar tamanho evento.

Para além disso, também está em jogo a imagem do Canadá internacionalmente. Visto como um dos melhores países do mundo para viver, o Canadá não se pode dar ao luxo de falhar na organização deste torneio que muito poucos países têm a capacidade para organizar.

Depois de já ter sido sede de várias competições fifeiras, como aconteceu no ano passado quando recebeu o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub-20, o Canadá tem todas as condições para brilhar como país organizador, semeando ao mesmo tempo muito do seu charme, o que deixaria o Canadá, mais uma vez, bem colocado perante a FIFA, claro, mas também perante os muitos fluxos do turismo mundial, tão necessários para a sua economia.

A disputar em seis cidades (Montreal, Moncton, Otava, Winnipeg, Edmonton e Vancouver), o Mundial que aí vem – começa a 5 de junho – vai contar com as grandes potências internacionais, porque todas elas estão apuradas, casos do Japão, atual campeão, Estados Unidos, Alemanha, Brasil, França, Inglaterra e por aí adiante, sem esquecer o Canadá, como anfitrião, mas igualmente como boa equipa que é. Se tudo correr bem, o Canadá poderá ser mesmo uma das formações favoritas ao título.

Para se ter uma ideia de como poderão estar as equipas a três meses da famosa competição, chamamos a atenção dos amantes deste desporto para os resultados obtidos nos torneios que neste momento estão em ação e que recebem a fina-flor do futebol feminino mundial: Algarve Cup e Chipre Cup. Todos os conjuntos poderosos estão inscritos ora num, ora noutro torneio.

Entretanto, nas cidades sedes da competição, os seus responsáveis decidiram lançar uma nova campanha simultânea, apelidada de «A 100 dias do pontapé de saída», cujo objetivo foi chegar à fala com os grandes meios de comunicação do país, e onde o principal alerta foi de se focalizar a venda de bilhetes.

Desporto
LusoPresse – O Campeonato do Mundo de Futebol Feminino, que se disputa no Canadá este verão, está numa azáfama incrível, com promoções por todo o país. De Moncton a Vancouver, de Edmonton a Montreal, passando por Winnipeg e terminando em Otava, os dirigentes da Associação Canadiana de Futebol estão trabalhando afincadamente para que a apresentação desta competição planetária de futebol no país seja um verdadeiro êxito. De resto, é preciso não dececionar os homens e mulheres da FIFA que acreditaram no Canadá como país capaz de organizar tamanho evento.
Mundial Feminino Canada 2015.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020