logo
rss  Vol. XIX - Nº 322         Montreal, QC, Canadá - quinta-feira, 16 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Parabéns LusaQ TV!

Inês Faro

Reportagem de Inês Faro

A LusaQ TV festejou o seu primeiro aniversário no dia 24 de janeiro. A ocasião não foi passada em branco e cerca de 150 pessoas assistiram ao espetáculo organizado pela equipa da LusaQ TV e do jornal LusoPresse, que também celebrou 18 anos. A festa no Centro Cultural Calixa-Lavallée, no Parque Lafontaine, começou com as palavras de Carlos de Jesus, diretor do LusoPresse e comentador regular da LusaQ TV e Norberto Aguiar, produtor da LusaQ TV e editor do LusoPresse. Seguiram-se ainda as palavras do General Luís de Sousa e do chanceler David Pereira.

2015-01-24 19.53.13.jpg

A primeira parte do espetáculo contou com a atuação de Jeffrey André, um jovem da comunidade que canta desde os 3 anos, mas que só recentemente subiu ao palco graças ao apoio da fadista Cathy Pimentel. De seguida foi a vez de Jason Coroa e dos seus três guitarristas, Francisco Valadas, Joe Medeiros e Paulo Gomes, já mais habituados a atuar para um grande público. Seguiu-se depois Elizabeth Machado, uma jovem luso-descendente que nasceu em Montreal mas que já tem participado noutros eventos da comunidade portuguesa. Por último, Viviana Lourenço, uma fadista portuguesa a viver em Montreal há dois anos, que anima também uma emissão todos os domingos na Radio Centre-Ville e que já é uma cara e uma voz conhecida e querida da comunidade.

E embora tenha sido o aniversário da LusaQ TV e do LusoPresse, houve presentes a distribuir pelo público! As senhas premiadas deram direito a noites em hotéis – o Hotel Meridien, Hotel le Château Versailles e Hotel 10 e jantares na Boca Ibérica, Casa Minhota, Portus Calle, Douro e Branzino.

Humor os QUATRO IMG_1275.JPG

De destacar também foi a boa disposição e à-vontade dos apresentadores, Ludmila Aguiar e Daniel Pereira, uma dupla querida pelo público, que mais uma vez deu provas da sua competência e bom humor, desta vez com os espectadores presentes, mas também aos que ficaram em casa. Sim, porque quem não pôde ir, tem a possibilidade de ver um resumo da noite numa emissão especial da LusaQ TV! Não perca.

The Portuguese Kids

100% Chouriço 100% Papo-seco, o lado divertido de crescer em português, é assim que se definem os The Portuguese Kids. Depois do intervalo foi a vez da tão aguardada exibição da noite pelos luso-descendentes do Massachusetts. Um verdadeiro sucesso, Derrick DeMelo, Jason Casimiro, Brian Martins e Al Sardinha surpreenderam os espectadores com cenas improvisadas a partir de palavras e respostas do público. Algumas pessoas presentes foram convidadas a subir ao palco e fazerem parte do espetáculo. Foram muitos os momentos de riso com os The Portuguese Kidsa confirmarem a razão do êxito que têm conhecido nos últimos meses. Além do improviso, os quatros humoristas apresentaram alguns sketches onde satirizaram a morte e o luto assim como a coscuvilhice, a relação entre pais e filhos, os conflitos entre marido e mulher, o futebol, a comida e o trabalho doméstico e em fábricas ou pequenas empresas, baseados na sua própria experiência enquanto descendentes de portugueses na América do Norte, assim como as suas vivências na sua comunidade de origem. Um destaque no humor étnico nas comunidades portuguesas

Cantores IMG_1241.JPG

pelo mundo, os The Portuguese Kids são já responsáveis por criarem uma língua própria, onde o inglês se mistura com expressões tipicamente portuguesas e onde os palavrões se destacam. Mas a riqueza dos atores vem sobretudo porque falam do que conhecem e por isso são capazes de superar os clichés e os preconceitos que os portugueses em Portugal têm das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo. Derrick DeMelo, Jason Casimiro, Brian Martins e Al Sardinha falam pouco português, mas apanharam bem a linguagem e o contexto social e cultural onde cresceram – a de uma grande parte das famílias nas comunidades portuguesas nos EUA e no Canadá nos anos 70, 80 e 90 com todas as suas especificidades: do bacalhau ao pastel de nata, do marido que quer ver futebol e beber cerveja, da mulher doméstica que gira a sua vida em torno da mesa, cama e roupa lavada para a família, das vizinhas coscuvilheiras, da pretensa boa-educação, a baixa escolaridade, a vida à volta do cuidado com o carro e com a casa, etc. Excluídos do seu humor são deixados os reais problemas que estas comunidades enfrentaram (e algumas ainda enfrentam) – a violência doméstica, a desigualdade entre homens e mulheres, a pobreza ou a exclusão social. Talvez em sketches futuros. De qualquer forma, cumpriram o papel de animar a noite e satisfazer as expectativas do público.

Musicos 2015-01-24 19.47.52.jpg

A festa acabou com um agradecimento a todos os patrocinadores e com os colaboradores da LusaQ TV e do jornal LusoPresse convidados a virem ao palco e receberem uma salva de palmas. Norberto Aguiar expressou também a sua gratidão à comunidade, graças à qual é possível continuar este projeto, lembrando às companhias, restaurantes e empresas portuguesas que sem o seu apoio financeiro tanto a televisão como o jornal correm o risco de não serem viáveis. Para o próximo ano, a LusaQ TV e o LusoPresse comprometem-se, como até aqui, a dar o seu melhor. Parabéns a todos os que fazem isto possível, a todos os que nos acompanham e apoiam!

The Portuguese Kids: www.portuguesecomedy.com

Horários da LusaQ TV: Segunda-feira, às 21h00, e aos sábados, às 11h00. (Há repetições durante a semana. Consultar o jornal LusoPresse.)

1

Destaque
A LusaQ TV festejou o seu primeiro aniversário no dia 24 de janeiro. A ocasião não foi passada em branco e cerca de 150 pessoas assistiram ao espetáculo organizado pela equipa da LusaQ TV e do jornal LusoPresse, que também celebrou 18 anos. A festa no Centro Cultural Calixa-Lavallée, no Parque Lafontaine, começou com as palavras de Carlos de Jesus, diretor do LusoPresse e comentador regular da LusaQ TV e Norberto Aguiar, produtor da LusaQ TV e editor do LusoPresse. Seguiram-se ainda as palavras do General Luís de Sousa e do chanceler David Pereira.
Parabens LusaQ TV.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020