logo
rss  Vol. XVIII - Nº 319         Montreal, QC, Canadá - terça-feira, 07 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Em Anjou

Luís Miranda quer referendo

Montreal – O presidente da Junta de Freguesia de Anjou, o português Luís Miranda, quer realizar um referendo para que aquele município deixe de integrar a zona urbana de Montreal.

Luís Miranda, de 60 anos, natural de S. Miguel (Açores), disse à agência Lusa que neste momento está a decorrer um abaixo-assinado, que já conta com cerca de dez mil assinaturas.

LUIS Miranda DSC_0032.JPG
Luís Miranda.
Foto  - LusoPresse

"Neste momento só temos dez mil assinaturas, mas por iniciativa dos residentes, que entraram em contacto com os nossos serviços, pois ainda não começámos na campanha porta a porta», afirmou o autarca.

Anjou, com cerca de 42 mil habitantes, integra a zona urbana de Montreal desde 2001. Tem um orçamento anual que ronda os 25 milhões de dólares (17,59 milhões de euros), sendo que aquele município contribuiu com impostos para a grande cidade de Montreal com 110 milhões de dólares (77,38 milhões de euros).

Há 52 anos no Canadá, Luís Miranda foi o primeiro português presidente de uma Câmara Municipal na América do Norte. Iniciou funções autárquicas em 1989 como vereador e foi eleito presidente da autarquia em 1997, cargo que mantém há 17 anos.

O luso-canadiano justificou que os impostos «estão muito altos», um problema que «também se verifica em Portugal», e quando as estruturas são enormes «o custo de vida fica mais caro».

"Fomos forçados a partir de 2001 a fazer parte da área de Montreal e até hoje os custos (de vida) estão sempre a subir e os residentes querem sair de Montreal, para voltarmos a ser uma câmara autónoma, como sucedia antes de 2001», disse Luís Miranda.

O português espera angariar o maior número de assinaturas possível, mas o mínimo são 20 mil para que o tema possa ser levado à província para se poder avançar para um referendo.

"Conheço os meus cidadãos, já sei no que vão votar. Estamos a pedir o direito de fazer um referendo. A comunidade portuguesa em Anjou não é expressiva, existem menos de mil portugueses e lusodescendentes, mas os que são contribuintes estão preocupados», disse.

«O importante é que todos os residentes concordem com a ideia», concluiu.

Política
Montreal – O presidente da Junta de Freguesia de Anjou, o português Luís Miranda, quer realizar um referendo para que aquele município deixe de integrar a zona urbana de Montreal.
Luis Miranda.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020