logo
rss  Vol. XVIII - Nº 317         Montreal, QC, Canadá - domingo, 23 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Carlos Ferreira – Uma marca em expansão

Entrevista de Inês Faro

Nem o pé partido recentemente para Carlos Ferreira. Sempre envolvido em novos projetos, nunca é demais falar de um dos empresários mais dinâmicos da comunidade portuguesa em Montreal. Com um olho para o negócio como poucos, Carlos Ferreira tem apostado nos últimos anos em produtos de marca própria. Depois do vinho F, lança agora o azeite Ferreira, um extra virgem (0,4% de acidez). «É um azeite ótimo, um produto de alta qualidade», diz o empresário. O azeite Ferreira é o resultado da primeira colheita de azeitonas da sua quinta no Douro Superior, em Almendra, numa colaboração com a Casa Agrícola Roboredo Madeira – CARM, responsável também pela produção vitivinícola do vinho F. A extensão da oferta de mais produtos de marca própria é a sequência natural de um grupo como o Ferreira. «O investimento na terra já está feito e as oliveiras já estão lá, produzir azeite é uma questão de rentabilizar esse investimento», diz o empresário luso-canadiano. «O azeite é a base da nossa cozinha, assim em vez de comprar a intermediários, passo a ser o meu principal cliente. Tenho menos gastos – uma redução de 50% da despesa, e continuo a poder oferecer produtos de qualidade superior», explica. «Não tenho olival suficiente para o consumo dos meus restaurantes, mas compro as azeitonas aos vizinhos», diz Carlos. Acontece que os vizinhos são a CARM e que os seus azeites são considerados entre os melhores do mundo. Medalha de ouro em todos os concursos em que participa, o azeite CARM ganhou também o prémio Mário Salinas de melhor azeite do mundo. E qual é a diferença entre o azeite CARM e o Ferreira? «Nenhuma», diz. «Trabalhamos juntos e as azeitonas vêm do mesmo sítio. O azeite é o mesmo, a garrafa é outra», diz a sorrir.

Carlos Ferreira DSC_0091.JPG

Além do azeite de mesa, Carlos apostou numa segunda marca de azeite para cozinhar. «É um pouco mais acessível, mas não perde qualidade por isso», diz. O azeite Ferreira está disponível nos restaurantes do grupo F, mas pode também ser encontrado em vários restaurantes da comunidade.

Vinhos

Recentemente em Portugal para as vindimas, Carlos Ferreira fala das grandes chuvas e do impacto que têm no mercado dos vinhos. «Em regiões que são habitualmente secas como o Dão e o Alentejo, as uvas encharcadas e o granizo provocaram uma perda na ordem dos 50%». Mas Carlos Ferreira está confiante na qualidade do seu vinho. «As minhas vinhas não sofreram, conseguimos tirar tudo antes das grandes chuvas. Não só foi um ano de muita quantidade como de muita qualidade», diz. As 40 toneladas de uvas resultarão em cerca de 37 000 litros de vinho tinto. Como o azeite, também o vinho F assegura ao grupo Ferreira uma poupança de cerca de 50% comparativamente à importação de vinhos de outros produtores. A gama de cinco vinhos, composta por dois brancos, um rosé e um tinto do Douro e um espumante da Bairrada, tem conhecido um enorme procura e não só pelos clientes dos seus restaurantes, mas também fora de portas, como o emblemático Hotel Ritz em Montreal.

Destination Centre-Ville

Membro do Conselho de Administração há já alguns anos e Presidente da ONG Destination Centre-Ville há dois, Carlos Ferreira viu o seu mandato ser renovado por mais dois anos. A sua visibilidade e a sua rede de contactos fazem do luso-canadiano a pessoa ideal para dar a cara pelo organismo parceiro da Câmara de Montreal na manutenção e dinamização do principal retângulo da cidade, que se estende da rua Atwater à Saint Laurent e da margem sul até à Sherbrooke. «Os próximos meses vão ser de muitos desafios», diz a propósito das obras de fundo previstas para a rua Sainte Catherine, a principal artéria comercial da cidade.

Embaixador de vinhos nacionais, produtor com marca própria de vinhos e azeites, proprietário de um dos restaurantes portugueses com mais sucesso fora de Portugal, um símbolo da integração na comunidade de acolhimento, Carlos Ferreira continua a superar-se e a provar que querer (e trabalhar muito) é poder.

1

Entrevista
Nem o pé partido recentemente para Carlos Ferreira. Sempre envolvido em novos projetos, nunca é demais falar de um dos empresários mais dinâmicos da comunidade portuguesa em Montreal. Com um olho para o negócio como poucos, Carlos Ferreira tem apostado nos últimos anos em produtos de marca própria. Depois do vinho F, lança agora o azeite Ferreira, um extra virgem (0,4% de acidez).
Carlos ferreira.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020