logo
rss  Vol. XVIII - Nº 317         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 25 de Setembro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Arquivos portugueses nos EUA...

Recebem doação de centenas de milhar de euros

Dartmouth, Estados Unidos, 21 out (Lusa) - Os Arquivos Luso-Americanos Ferreira Mendes, da Universidade de Massachusetts, em Dartmouth, receberam um donativo de 500 mil dólares (cerca de 390 mil euros) para desenvolver o seu trabalho de documentação da imigração portuguesa nos Estados Unidos.

A doação foi feita pelas irmãs Otília e Justina Ferreira, filhas de Afonso Ferreira Mendes, o pioneiro da comunicação social portuguesa no país nos anos 30 e que dá nome aos arquivos.

Segundo a universidade, o dinheiro será usado para bolsas de estudo, financiamento de estudos sobre Ferreira Mandes, compra de materiais e multiplicar esforços para divulgar a cultura portuguesa e a experiência luso-americana.

Os Arquivos Luso-Americanos Ferreira Mendes, que comemoram este mês o seu quinto aniversário, têm milhares de documentos (entre os quais livros, gravações, jornais, correspondência, diários e fotografias) sobre a experiência luso-americana.

"Conhecer a história destes arquivos é entender esta região e o sonho americano», disse a administradora da universidade, Divina Grossman, depois do anúncio do donativo.

Uma das irmãs que fez o donativo, Otília Ferreira, uma professora reformada, disse que o objetivo é ter um local onde os portugueses possam mostrar o seu trabalho e conquistas.

"A nossa esperança é que outros se juntem a nós no apoio a este arquivo para que as nossas filhos e netos conheçam sempre as contribuições e o impacto na história da América que os nossos antepassados tiveram», disse Otília Ferreira, citada pelo «O Jornal», de Massachusetts.

Desde a sua fundação, os arquivos já organizaram 40 eventos académicos, acolheram palestras e conferências de dezenas de líderes civis e políticos, recolheram 62 depoimentos orais e digitalizaram 22 jornais da comunidade.

O cônsul de New Bedford, Pedro Carneiro, disse ao «O Jornal» que os arquivos eram «uma cápsula do tempo sobre a vida, felicidade, dificuldades e sucessos daqueles que vieram em busca do sonho americano.»

AYS // EL

Lusa/Fim

Comunidades
Dartmouth, Estados Unidos, 21 out (Lusa) - Os Arquivos Luso-Americanos Ferreira Mendes, da Universidade de Massachusetts, em Dartmouth, receberam um donativo de 500 mil dólares (cerca de 390 mil euros) para desenvolver o seu trabalho de documentação da imigração portuguesa nos Estados Unidos.
Arquivos Lusoamericanos.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020