logo
rss  Vol. XVIII - Nº 314         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 22 de Janeiro de 2021
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Trocasa.com no Mont-Tremblant

O melhor destino Para guardar segredo sobre TAL sucesso

Adelaide Vilela

Reportagem de Adelaide Vilela (textos e fotos)

António Batista, o verdadeiro mestre do Trocacasa.com, em Portugal e também no Brasil, como representante, membro e Administrador atravessou uma vez mais as fronteiras para desafiar o curioso, o amante das viagens, da natureza, das montanhas, dos lagos e de outros lugares a visitar, salpicados com a força e a luz das histórias e das lendas a contar. Ele, melhor que ninguém sabe que aquela ou aquele que sonha com castelos encantados, pequenos ou grandes impérios, sem mistério, terá o Trocacasa.com e seus membros como cúmplices de todas as maravilhas de dar nas vistas! Tudo para que idealmente o turista se sinta em casa, na casa que vai trocar em diversos países no mundo. Esta Empresa é líder mundial em troca de casa e apartamentos para férias. Contam com mais de 400 000 trocas. E fiquem a saber os meus leitores que os canadianos gostam de experimentar cantos e recantos com sabor a novo. Eles batem o recorde em quase todos os países do mundo: são 54 000 membros ativos nestas lides do Trocacasa.com.

Adelaide IMG_4786.JPG
O administrador António Batista, o segundo a contar da direita, com amigos do Trocacasa.com.

António Batista veio para promover a Empresa e convencer os seus familiares e amigos a tornarem-se membros, mas o tributo mais certo foi o acerto de ideias, anualmente, com a Empresa que rumou até Mont Tremblant para o congresso anual. E nós estamos convictos que aquele foi o lugar ideal, como destino turístico, quer para homenagear os membros de diversos países do mundo que ali se apresentaram, quer para guardar segredo do que ali foi dito em relação ao sucesso monstro que vem conhecendo o Trocacasa.com ao longo dos anos. Nós estivemos presentes mas nem a curiosidade jornalística e feminina nos valeu, dentro das salas de reunião, só entrava o corpo diretivo da empresa.

Temos a referir alguns aspetos positivos e foram muitos. Eu e o meu marido almoçamos com uma multidão de gente. Vieram aos magotes dos quatro cantos do Planeta! Da mesma forma, não seja exagerado afirmar: o Presidente e Fundador da Empresa (HomeExchange.com, 1992) o Sr. Ed Kushins, conquistou o coração de todos e também o nosso, por ser uma pessoa simples com uma popularidade triunfante, sem devaneios por parte dele ou por parte da sua bela esposa que o acompanhou em todas as ocasiões. Adoramos conhecer o casal, e estamos gratos pela participação, uma vez que se tratava de um mundo para nós desconhecido. Quem nos recebeu amavelmente no Hotel Marriott foi a bela quebequense Maude, mas quem organizou a nossa viagem para Tremblant foi Paul Charoy, um dos membros da referida Empresa. Resta-nos agradecer ao organizador do congresso, ao Sr. Paul Charoy pelo tratamento hospitaleiro que recebemos. A partir daqui vamos fazer com que os nossos leitores conheçam melhor o administrador do Trocacasa.com. Vale a pena escrever a sua história. Depois de ter caído gravemente doente e escapado ileso, António deparou-se com outro sarilho preocupante que envolvia tempo, dinheiro e paciência. Começou a sentir que o sol deixara de brilhar à volta do seu balcão… Preocupava-se e buscava em vão uma solução para curar o coração cansado, jovem ainda, na casa dos 30 anos. Ao mesmo tempo queria demonstrar que o seu comércio, repleto de livros, revistas, e todo o material de tabacaria e papelaria seriam para sempre um paraíso fantástico, por ele criado, e nunca abandonado, por mais negro que fosse o buraco.

Adelaide IMG_4751.JPG
O presidente da empresa HomeExchange com a esposa pousam para a objectiva da nossa fotógrafa.

Pouco tempo depois passou a menina dos seus olhos, a sua papelaria e tabacaria para outras mãos. Por certo, já com lágrimas, que ele confiscou com o lenço branco, para que ninguém visse. A vida continua e os filhos precisam de crescer com um pai saudável e culto. Vidas passadas, depois de um interregno de 6 anos, o António volta para a Universidade Autónoma de Lisboa e traz na cartola o jeito e o saber do jornalista, corria o ano de 2002. O êxito reside na cabeça do António, que logo após a sua formação integra o mercado do trabalho nos jornais Diário de Coimbra, Agência Lusa e Jornal da Marinha Grande. Não sei se foi boa ou não a conduta do António, na infância, filho único! Só o conheci depois de regressar de Angola. Mas fontes citadas, os sanjorgenses afirmam que este bom filho da terra mãe das Minas da Panasqueira, de S. Jorge da Beira, para além de ter sido toda a vida um excelente rapaz, é um herói como trabalhador. Que o diga a professora Helena Santos a mulher que é a companheira ideal do António e mãe dos dois belos rapazes do casal, o Diogo e o João. Este último é atleta de Orientação e vencedor de alguns troféus, nas caminhadas. Pensando bem, ao analisar a realidade da montanha dá para ver que o João nesta modalidade pedestre não necessita de fazer dieta.

E para o leitor o que é Trocacasa? Vejamos o que nos diz o jornalista António Batista representante oficial em Portugal.

O Trocacasa é a versão portuguesa, desde agosto de 2006, do site HomeExchenge.com que está sedeado na Califórnia há 22 anos. Depois de agosto de 2006, quando o site ficou disponível em português, as Ofertas aumentaram no Brasil.

LP: Há que pagar algo a quem faz troca?

ABB: Os nossos Membros podem fazer férias gratuitas em quase todo o mundo. A troca de casas é um sistema que permite umas férias bem diferentes das que se vivem num hotel. Esta modalidade permite a ambas as partes poupar milhares de euros nos gastos com as férias, sendo a melhor maneira de se integrar verdadeiramente num país e de conhecer seus habitantes, fazendo novas amizades que duram uma vida inteira.

LP: Há alguns benefícios que valha a pena destacar?

ABB: Muitos, os nossos membros têm a oportunidade de viver como um habitante local e não como um turista; têm a possibilidade de usufruir de um espaço mais confortável que num hotel; é ótimo para fugas de fim de semana ou férias internacionais e dispõem de mais de 50 000 oportunidades de troca em mais de 150 países.

LP: Como se troca a nossa casa e com que espírito?

ABB: As pessoas do Trocasa.com gozam de um nível educativo alto e de um espírito aventureiro e chegam de todas as esferas sociais, são pessoas de confiança que estão apenas interessadas na descoberta, por isso o espírito é positivo. E dentro do mesmo grau de positivismo, vais receber propostas de troca de outros Membros.

Mas primeiro tens que fazer parte da família, dos membros. Para começar tens um texto de inscrição gratuito de 14 Dias com todos os privilégios de um Membro Anual para te ires familiarizando com o site antes de te decidires por uma Filiação Anual. O pagamento pode ser realizado por cartão de crédito ou Paypal.

LP: Já trocaste algumas das tuas casas em Portugal?

ABB: Já fiz mais de 20 trocas de casa, algumas com carro incluído e nunca, nem eu nem os outros membros, ficamos mal na fotografia.

LP: Há assim alguma experiência que mais te tenha gostado ou até deixado alguma má recordação?

ABB: A minha primeira troca foi especial. Ocorreu em agosto de 2005 com uma família parisiense. A casa ficava num recanto especial da cidade, no «troisième arrondissement – Cartier Le Marais», bairro antigo, com muitas lojinhas, ruas estreitas e os museus Picasso e Carnavalet. A intenção da viagem era levar os meus dois filhos ao Parque Disneylândia de Paris. Já tinha estado, por outras ocasiões, na cidade Luz mas sempre em hotéis. Muitas vezes utilizávamos as bicicletas de casa para darmos umas voltas pelos vários parques existentes na zona. A língua não era obstáculo para que não pudessem arranjar amigos durante as brincadeiras. Já nós, os pais, fazíamos as compras nas lojas do bairro com o mesmo à vontade que o fazemos no dia-a-dia na nossa cidade de residência.

Caro leitor troque a casa mas não troque de hábitos. Faça o favor de ler o JORNAL LUSOPRESSE a cada quinzena em Montreal e arredores e também na internet.

Comunidade

Reportagem de Adelaide Vilela (textos e fotos)
Trocasa.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2021