logo
rss  Vol. XVIII - Nº 312         Montreal, QC, Canadá - domingo, 23 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Receção da LusaQ.TV e do LusoPresse

Testemunhos comoventes

Jules Nadeau

Por Jules Nadeau

A cerimónia de lançamento da LusaQ.TV e homenagem aos obreiros do LusoPresse, foi marcada por vários testemunhos comoventes e muito pessoais. Vários artesãos da televisão e convidados de marca desfilaram diante dos microfones para falar da sua experiência na comunidade, do seu orgulho e da sua dedicação.

Carlos Leitão, o Ministro das Finanças do novo governo Liberal do Quebeque, afirmou do seu orgulho e do prazer que sentiu em participar nesta receção. O homem político ofereceu os seus melhores votos para o êxito da LusaQ.TV e aproveitou a ocasião para dar o exemplo do sucesso da sua própria carreira, ele que chegou aqui como membro de uma família de imigrantes.

LusaQ Tv chegada Carlos leitao DSC_8224.JPG
A chegada do ministro Carlos Leitão foi muito saudada.

Celestino Garcia, o arquiteto da igreja Santa Cruz, fez-nos uma bela surpresa ao participar neste evento. De Québec, ele vem com frequência a Montreal e temos a certeza de que vamos ter a oportunidade de voltar a vê-lo amiudadamente durante a sua reforma bem merecida. Quem é que se pode gabar de ter um monumento tão belo no seio da comunidade?

O jornalista Daniel Pereira recolheu os testemunhos destes dois convidados que os nossos leitores poderão ver brevemente no programa da LusaQ.TV. Daniel Pereira fez também questão de acrescentar uma nota pessoal que merece ser mencionada. «Eu acredito no destino! disse ele. Quando a minha mãe estava grávida de mim, o meu pai exprimiu o desejo que eu nascesse no Canadá, mas com a idade de 4 anos fui para Portugal. Depois, aos 34 anos, por causa do estado de saúde do meu pai, voltei para cá e estou muito feliz por isso. Para começar encontrei o Joe Puga que me apresentou ao Norberto Aguiar, o que me permitiu praticar a profissão que exerci em Portugal durante 8 anos». (Chegado aqui em 1950, agora com a idade de 74 anos, o pai de Daniel vive em Montreal. A sua mãe está em Portugal)

IMG_3676.JPG

Ludmila Aguiar teve a tarefa de entrevistar rapidamente o deputado liberal de Vimont (Laval) Jean Rousselle, Mme Alexandra Mendes do Partido Liberal do Canadá, assim como o General Luís de Sousa. Resumindo, todos apontaram no mesmo sentido, isto é, que é importante preservar a sua cultura, que a LusaQ.TV permite o enriquecimento da comunidade e que a comunidade lhe deve dar o seu apoio. O General de Sousa fez rir toda a sala ao confessar de maneira irónica que o seu pai tinha imigrado para o Canadá pela simples razão de «não querer que os filhos fossem para a tropa em Portugal».

Pelo seu lado, Carlos de Jesus, diretor do LusoPresse, antes de apresentar o General Luís de Sousa fez uma pequena resenha da missão do nosso jornal e da importância que ele teve na criação da LusaQ.TV, começando por lembrar que o LusoPresse nasceu do desejo de se criar um jornal totalmente dedicado aos valores da comunidade local, com uma produção local e original, nas antípodas do que faz ainda uma boa parte da imprensa étnica, ou seja, a de refletir o país de origem e não a sociedade de acolhimento.

LusaQ TV jean Rousselle DSC_8101.JPG

Foi pois com genuíno orgulho que Carlos de Jesus, também comentador editorialista da LusaQ.TV apresentou o português que ocupa o mais elevado posto no seio das forças armadas canadianas, o General Luís de Sousa, o qual nos prestou um sentido testemunho da sua carreira e da sua dedicação ao Canadá e ao Quebeque, sem renegar as suas origens. Dirigiu-se aos presentes nas três línguas, primeiro em português, depois em inglês e finalmente em francês.

O General Luís de Sousa, do qual o nosso jornal e a LusaQ.TV deram a notícia e reportagem da sua promoção a general, fez-se acompanhar da sua esposa Goretti Tavares, nascida em Montreal de pais açorianos e ainda, código militar oblige, do seu ajudante de campo.

LUSAQ TV general DSC_8320.JPG

Carlos de Jesus confiou-nos que no início se sentiu algo acanhado face às câmaras da LusaQ.TV embora esta não tivesse sido a sua primeira experiência televisiva, visto já ter colaborado com o Montreal Magazine do Alberto Feio. A grande vantagem no Montreal Magazine é que ele fazia parte dum painel de comentadores e que participar num debate é muito mais fácil do que se apresentar sozinho diante das câmaras e falar diretamente para os espectadores que ele não vê e sem poder contar com o auxílio do teleponto.

O momento mais tocante do evento foi, sem dúvida, a alocução do produtor Norberto Aguiar logo que ele evocou os dias difíceis de imigrante em Montreal. Felizmente que sempre pode contar com o apoio da esposa, Anália Narciso, que sempre esteva com ele a cem porcento.

LusaQ TV Alexandra DSC_8135.JPG

Carlos de Jesus, seu amigo de longa data, que foi aliás quem lhe deu a primeira oportunidade para se lançar profissionalmente como jornalista quando dirigia a redação de A Voz de Portugal, não deixou de sublinhar os méritos de trabalho, de sensibilidade e até de «casmurrice» que caracterizam o Norberto Aguiar, a alma mater destas duas iniciativas e que sem a sua perseverança a comunidade seria hoje muito mais pobre.

Mas Norberto não estava lá somente para falar do passado. Encorajado pelos 18 anos do LusoPresse e os bons começos da LusaQ.TV, em dezembro passado, olha resolutamente em frente para o futuro.

IMG_3591.JPG

Seus projetos imediatos? Continuar a progredir tanto no jornal como na televisão, visto a LusaQ.TV ser a mesma companhia e ele o mesmo proprietário. Entre os projetos na forja, vai-se fazer um grande esforço para celebrar condignamente o 15º aniversário do Dia da Mulher, durante o qual serão homenageadas todas aquelas que têm tido um percurso excecional, tanto a título individual, social, artístico, empresarial ou político. Mas antes disso, nos finais de outubro ou princípios de novembro, vamos comemorar o 1º aniversário da LusaQ.TV, seguramente com um convidado de marca do mundo da televisão e da música, vindo expressamente de Portugal, se as negociações em curso saírem com o êxito que se espera.

LusaQ TV Premios Cordeiro DSC_8296.JPG

Enfim, Norberto Aguiar quer relançar o projeto de atribuição de prémios anuais para sublinhar o valor de pessoas dignas de reconhecimento pela comunidade. Esta prática começou em 1991 e foi repetida quando da visita da grande vedeta desportiva Pauleta. Em 2015, será um «Comité Consultivo», composto de pessoas idóneas de alto nível e de ética impecável, que vai ajudar à seleção dos recipiendários. Resumindo, belos projetos na prancha de trabalho que vão exigir a colaboração de pessoas dinâmicas da comunidade, dos anunciantes e dos leitores.

E, um último ponto, um grande obrigado a Carlos Ferreira que nos cedeu uma parte dos seus prestigiosos locais para o nosso muito bem-sucedido lançamento.

IMG_3659.JPG
Comunidade
A cerimónia de lançamento da LusaQ.TV e homenagem aos obreiros do LusoPresse, foi marcada por vários testemunhos comoventes e muito pessoais. Vários artesãos da televisão e convidados de marca desfilaram diante dos microfones para falar da sua experiência na comunidade, do seu orgulho e da sua dedicação.
Festa da LusaQTV.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020