logo
rss  Vol. XVIII - Nº 311         Montreal, QC, Canadá - domingo, 31 de Maio de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Luís de Sousa

General das Forças Armadas Canadianas

Carlos de Jesus

Reportagem de Ludmila Aguiar e Carlos de Jesus

Não é todos os dias que temos o prazer de anunciar uma promoção deste calibre. As forças armadas canadianas contam agora nas suas fileiras com mais um general, desta feita um general nascido em Portugal. Referimo-nos ao General de Brigada Luís de Sousa que foi promovido como comandante adjunto do quartel geral da segunda Divisão do Canadá. Até há bem pouco este nosso compatriota era o comandante do 34º grupo-brigada do Canadá, com a patente de coronel. Ficou a substituí-lo, como novo comandante desta unidade militar, o Coronel Dan Chafaï.

_DSC4349.JPG
Luís de Sousa

Para sublinhar ambos os eventos, a promoção de Luís Sousa e a nomeação do novo comandante, no passado dia 7, no quartel militar de Côte-des-Neiges, em Montreal, estiveram reunidos cerca de 200 reservistas daquela brigada, numa cerimónia militar sob a presidência do General de Brigada Jean-Marc Lanthier, de que a Lusaq.Tv também fez uma reportagem que passou na última segunda-feira.

Como os telespectadores tiveram a ocasião de ver naquela reportagem (que será repetida ao longo de semana), o cerimonial foi muito interessante embora algo complexo para quem não está familiarizado com as praxes militares. De sublinhar sobretudo as alocuções que foram pronunciadas no local, enaltecendo as qualidades e o valor do comandante cessante, o General de Brigada Luís de Sousa, e o novo responsável pelo comando do 34º grupo-brigada do Canadá, o Coronel Dan Chafaï.

Foi também algo emocional o facto de os galões de general terem sido postos nos ombros do pai por seu filho Anthony, 19 anos e sua filha Loreanne, 16 anos.

_DSC4415.JPG
O General Luís de Sousa com a esposa, pais, filhos e cunhados.
Foto  - LusoPresse

O 34º Grupo Brigada do Canadá é uma formação de unidades da Força de Reserva do Exército Canadiano, composta por mais de 2 000 reservistas de todas as origens e quadrantes. Participam nela cidadãos que desejam concorrer orgulhosamente para o sucesso do exército canadiano, nos mais diversos teatros de operações, para isso bastando dedicar apenas algumas horas por semana. A brigada é composta de 14 unidades das quais nove estão localizadas na ilha de Montreal e compreende várias unidades como a de carros blindados, de artilharia, de engenharia e de infantaria. Estas unidades têm dado um extraordinário contributo a operações militares e civis como a Operação LOTUS, aqui perto de casa, por ocasião das inundações na Montérégie, ou mais longínquas como as intervenções no Afeganistão.

À noite, o jantar de gala no quartel do 4e Bataillon du Royal 22e Régiment, em Laval, foi também uma galante demonstração das praxas militares que se entrecruzaram com o serviço de mesa, a fanfarra e a banda militar.

Na mesa de honra destacava-se o novo general luso-canadiano, sua esposa Goretti Tavares., e seus filhos, Anthony e Loreanne. A entrada e a saída da mesa de honra foram sublinhadas por uma fanfarra militar de estilo escocês (The Black Watch) que escoltou o cortejo dos convivas.

_DSC4336.JPG

Antes do jantar o capelão da unidade fez uma vibrante homenagem ao novo General de Brigada Luís de Sousa e palavras de encorajamento ao seu sucessor. Foram também homenageadas e condecoradas as esposas dos dois comandantes pela dedicação que elas têm dado à vida profissional dos maridos ocupando-se, como «verdadeiros generais» da intendência domestica e da educação dos filhos, sobretudo durante as ausências dos maridos em missão no estrangeiro. No final foi levantado um porto de honra à Rainha Isabel II, a título de chefe da nação canadiana.

Escusado será dizer que havia também, para além dos amigos próximos do homenageado, vários membros da sua família. Sua irmã Conceição de Sousa e o marido Jean-Pierre, sua sogra Fátima Cabral e seu sogro António Tavares, assim como o irmão da esposa Paul Tavares e a esposa deste, Audrey Début.

_DSC4397.JPG

Luís de Sousa é um jovem general com apenas 47 anos, natural de Pico do Fogo, Livramento, em São Miguel, Açores e está casado há 24 anos com a luso-canadiana Goretti Tavares. Merece jus ser realçada a qualidade do português de sua esposa que, muito embora nascida no Canadá dá prova de ter sempre bem cultivado a nossa língua. Como ela nos confessou isso deve-se à persistência de seus pais, Fátima e António Tavares que sempre tiveram o cuidado de transmitir aos filhos os seus valores e a sua língua. Como ela também nos disse a vida dum militar não é fácil para a família. O Anthony, devido às deslocações constantes do pai, durante o ensino primário, frequentou 7 escolas diferentes, em diferentes cidades e diferentes países.

Está também de parabéns a comunidade luso-canadiana por poder contar agora nas suas fileiras com tão emérito conterrâneo.

 

Destaque
Não é todos os dias que temos o prazer de anunciar uma promoção deste calibre. As forças armadas canadianas contam agora nas suas fileiras com mais um general, desta feita um general nascido em Portugal. Referimo-nos ao General de Brigada Luís de Sousa que foi promovido como comandante adjunto do quartel geral da segunda Divisão do Canadá. Até há bem pouco este nosso compatriota era o comandante do 34º grupo-brigada do Canadá, com a patente de coronel. Ficou a substituí-lo, como novo comandante desta unidade militar, o Coronel Dan Chafaï.
Luis de Sousa.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020