logo
rss  Vol. XVIII - Nº 305         Montreal, QC, Canadá - quinta-feira, 16 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Campeonato da Major League Soccer

Impacto começa época com duas derrotas!...

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

O Campeonato da Major League Soccer teve o seu início no passado dia 8 de março. E o Impacto de Montreal, nesse dia, jogou no Texas, em Dallas, diante da equipa local. O resultado foi pior que a exibição, visto o score final ter apresentado um 3-2 favorável aos texanos. Uma semana depois, ainda no Texas, mas agora em Houston, o Impacto voltou a perder, por 1-0, diante do Dynamo local, uma das boas equipas da MLS.

É assim, com duas derrotas no bornal, que o Impacto regressa a Montreal para, sábado próximo, defrontar o Sounders de Seattle, em desafio marcado para as 16 horas, no Estádio Olímpico.

Diante do seu público, que se espera atinja, pelo menos, as 50 mil pessoas, o Impacto tem de ganhar o jogo, sob pena de começar a duvidar da sua própria capacidade, mesmo se, em jogo jogado, os homens de Montreal não têm nada a se questionar.

Impacto mapp-wenger.jpg
Mapp, o craque, e Wenger, o jovem cheio de potencial... Os dois americanos.

Em Dallas, a derrota aconteceu pela diferença mínima, tal como, de resto, em Houston. E nos dois jogos, que presenciamos através da televisão, fácil foi constatar que os montrealenses os podiam ter empatado, se não mesmo ganho, tantas foram as oportunidades que tiveram para isso. Mas nem sempre, como se sabe, criar oportunidades é sinónimo de fazer golos. Pior, no entanto, era ter perdido, mesmo pela margem mínima, mas sem oportunidades criadas, o que poderia levar a concluir pela incapacidade técnica do conjunto de jogadores que subiram ao gramado... Não foi este o caso.

Outro aspeto a ter em conta foi que o Impacto não jogou com o seu melhor ponta de lança, Di Vaio, por estar castigado desde o célebre jogo da época passada, referente às eliminatórias de fim de ano, precisamente contra este Dynamo de Houston...

Resumindo, pode dizer-se que em dois jogos o Impacto tem zero pontos, mas que apresentou bom futebol, o que dá garantias de que a ganhar sábado, contra o Sounders de Seattle, a equipa relançar-se-á para uma boa época.

Impacto – Sounders

O jogo, como já dissemos, disputa-se no sábado, às 16 horas, no imponente Estádio Olímpico. Se for como nos dois últimos anos, estarão no estádio mais de 50 mil adeptos. A ser assim, a festa promete para o resto do ano. Ano de Mundial no Brasil e que muito pode contagiar todos aqueles e aquelas que começam a ter um gosto muito especial por esta modalidade, a mais querida do planeta.

Daqui desta página desportiva do LusoPresse convidamos todos a irem ver o Impacto diante do Sounders de Seattle, uma equipa de bom calibre e que conta com muitos e bons jogadores, a começar por Clint Dempsey, até há pouco titular do Totenham (entre outras equipas) de Inglaterra e um dos melhores jogadores dos USA, e Banfemi Martins, ex-Inter de Milão.

Ainda sem Di Vaio, que neste próximo jogo termina o castigo de que foi alvo, o Impacto de Montreal apresentará a sua equipa tipo, da qual, neste princípio de época, só conta com uma novidade: Eric Miller, um jovem que foi recrutado na repescagem de janeiro passado. À espreita, segundo a nossa opinião, estarão o internacional americano Heath Pearce e o uruguaio Santiago Gonzalez, recentemente contratados. Callum Mallace, na época passada emprestado ao Minnesota, está de volta e pode, também, ter uma palavra a dizer esta época, sobretudo com um treinador novo, no caso, o americano Frank Klopas.

Pelo que vimos nestes dois primeiros embates, Justin Mapp continuará a ser o jogador mais cerebral e espetacular do Impacto. Já Wenger, avançado ainda «em bruto», quando estiver mais rodado e com mais confiança será um ponta de lança dos melhores da liga. Fisicamente é muito potente, remata forte e cabeceia bem. O que lhe está a faltar é mais experiência, que se adquire somente jogando. Neste momento, por vezes, o que é enervante no seu caso é a sua ingenuidade em alguns lances. Mas temos esperança de que está ali um avançado em potência.

Outras novidades

A maior de todas, para nós portugueses, é que Yannik Djaló assinou contrato com o San Jose Earthquakes, da Califórnia. Ele vai jogar na Major League Soccer, em 2014, emprestado pelo Benfica, onde não jogava, depois de ter sido também emprestado ao Toulouse o ano passado.

Yannik Djaló, que saiu da Academia leonina e foi titular do Sporting durante algumas épocas, onde mostrou qualidade ao ponto de chegar à Seleção Nacional, depois que ingressou no Benfica as coisas nunca mais foram como dantes, mesmo se, o ano passado, teve algum brilho atuando no Toulouse da Primeira Liga francesa...

Agora, no San Jose, espera-se que Djaló retome o vigor futebolístico do passado de maneira a prestigiar-se e prestigiar o futebol português, já para não falar do da Guiné-Bissau, que é como a sua ficha de inscrição faz notar...

Yannik Djaló, que é o segundo jogador português a atuar na MLS, depois de José Gonçalves, outro ex-benfiquista, vai envergar a camisola 10 do San Jose Earthquakes.

Clésio Baúque

É outro jogador que veio do Benfica para os Estados Unidos. Vai jogar no Harrisburg Islanders City (Segunda Divisão), formação que tem ligação com a equipa da MLS Filadélfia União. A diferença é que mesmo tendo jogado no Benfica, desde as equipas jovens até à equipa «B», Clésio Baúque, por ter nascido em Moçambique, tem a nacionalidade deste país. Nesta equipa do Harrisburg, há outro lusitano, de seu nome Edinho Júnior, internacional jovem por Portugal e, antes de vir para os USA, jogava no Olhanense.

Desporto
O Campeonato da Major League Soccer teve o seu início no passado dia 8 de março. E o Impacto de Montreal, nesse dia, jogou no Texas, em Dallas, diante da equipa local. O resultado foi pior que a exibição, visto o score final ter apresentado um 3-2 favorável aos texanos. Uma semana depois, ainda no Texas, mas agora em Houston, o Impacto voltou a perder, por 1-0, diante do Dynamo local, uma das boas equipas da MLS.
Campeonato da Major Legue Soccer.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020