logo
rss  Vol. XVIII - Nº 304         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub-20

Glutões no grupo «B»

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

O sorteio do Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub-20, que se realizará no Canadá de 5 a 24 de agosto próximo, teve lugar no fim de semana passado, nas instalações do prestigioso Hotel Windsor, em Montreal.

Com algumas centenas de pessoas presentes, representantes dos países classificados, membros do staff da FIFA, delegações das cidades-sedes, entidades políticas e muitos jornalistas, o sorteio desenrolou-se sob a orientação de Tatjana Haenni, responsável dos torneios femininos da FIFA.

Mas tudo começou com a entrada em cena da Taça, que quase ninguém pode tocar, exceto um restrito grupo de pessoas, e de luvas, se faz favor. Na circunstância, transportou-a um polícia da Royal Force, que por sua vez era seguido por mais três elementos daquela polícia.

Com pompa e circunstância, a cerimónia, animada pela bela jornalista da Rádio Canadá Jacinthe Taillon, começou com o Hino do Canadá, interpretado pelo grupo montrealense «Effusion» e prosseguiu com a cantora Eva Ávila (antiga vencedora do Canadian Idol), que interpretou a canção «Meant to fly».

Campeonato do Mundo DSC_0315.JPG

O presidente da Associação Canadiana de Futebol e também presidente do Comité Organizador, Victor Montagliani, subiu ao palco para dar as boas-vindas às delegações e demais convidados. Antes, porém, e em nome da FIFA, discursou Lydia Nsekera. Pelas entidades canadianas foi o senador Jacques Demers quem usou da palavra. Logo, depois, deu-se início ao sorteio como tal.

Grupo da morte

Como em quase todos os torneios de futebol, da FIFA, claro, em todas as categorias, quando há sorteios, aparece sempre, no fim, um grupo apelidado de Grupo da Morte. E desta vez a história voltou-se a repetir.

Com a ajuda de Sylvie Béliveau, antiga selecionadora canadiana, de Janine Helland e Clare Rustad, antigas futebolistas, Tatjana Haenni antes de dar início ao sorteio, permitiu-se de dar um míni curso sobre o mesmo, questão de ficarem todos, na sala, noviços ou consagrados destas andanças, a par do desenrolar de tão importante ato.

Saíram dos potes os primeiros nomes, com o Canadá à cabeça, como era esperado, não fosse ele o país organizador. E outros nomes foram saindo, sempre com a declarada intenção de evitar o acasalamento de países do mesmo continente. Neste domínio o que se pode dizer é que o trabalho de casa já vem feito. Os potes, naqueles precisos momentos já têm no seu interior essas escolhas feitas... Se assim não fosse, o sorteio seria longo e tornar-se-ia enfadonho.

Campeonato do Mundo DSC_0306.JPG
Victor Montagliani, presidente da Associação Canadiana de Futebol e do Comité Organizador desta importante competição, quando usava da palavra.
Foto  - LusoPresse

Em pouco mais de meia hora os quatro grupos já estavam completos. Mas no entretanto, ainda houve muitos oh e ai. Isso aconteceu particularmente com o acasalamento do Grupo «B», onde caíram quatro dos mais poderosos países de futebol feminino do planeta, a saber, Alemanha, Estados Unidos, Brasil e China!

À partida, pode parecer benéfico para o Canadá estarem todas estas «feras» no mesmo saco. Mas não, na medida em que o Grupo «A», onde o Canadá está inserido, está diretamente virado para defrontar, na segunda fase, uma equipa do Grupo «B». Quer isto dizer que caso o Canadá passe à fase seguinte, tomba logo diante de um dos camaleões... USA, Alemanha...

Outros grupos

Nos outros grupos há nitidamente equipas que já têm praticamente a passagem à segunda fase garantida. Neste caso estará a Inglaterra, que ficou acasalada com a República da Coreia, Nigéria e México. As inglesas têm crescido muito no futebol feminino nos últimos anos. Ao contrário da Coreia que tem perdido algumas plumas...

O México, como terceira força da CONCACAF, atrás dos Estados Unidos e Canadá, pode ser a surpresa.

Depois, no Grupo «D», que ficará sedeado em Montreal, há a França como grande favorita. A dúvida é saber quem acompanha a França. Nova Zelândia? Paraguai? Costa Rica? Veremos.

Resta falar do grupo do Canadá, que conta com as equipas do Gana, República Popular da Coreia e Finlândia. Um grupo difícil, a começar pelas coreanas que, depois dos USA e Alemanha, grandes açambarcadoras, aquelas com três troféus; estas com dois, são a única equipa que já venceu um troféu, na Rússia, em 2006. Depois há o Gana, poderosa fisicamente, e a Finlândia que eliminou favoritos como a Suécia, Noruega e Dinamarca.

Como competição mundial, tudo está muito baralhado, não se sabendo, com certezas, quem passará a primeira fase. Há favoritos, pelo que já fizeram até aqui ou pela força que se julga tem um qualquer país futebolisticamente falando. Mas a verdade nua e crua só virá ao de cimo no terreno de jogo.

Grupos e cidades

Há quatro grupos e serão quatro cidades a recebê-los. Assim, o Grupo «A», o do Canadá, estará situado em Toronto. O Grupo «B», o da morte, vai ficar em Edmonton. Depois, o Grupo «C» vai estar em Moncton, enquanto o Grupo «D» tem os seus jogos marcados para Montreal, mais precisamente no Estádio Olímpico.

É também no Estádio Olímpico que se realizará o jogo da final.

Vejamos os grupos por ordem de tiragem...

Grupo «A»

1 – Canadá

2 – Gana

3 – Finlândia

4 – República Popular da Coreia

Grupo «B»

1 – Alemanha

2 – USA

3 – China

4 – Brasil

Grupo «C»

1 – Inglaterra

2 – Coreia

3 – México

4 – Nigéria

Grupo «D»

1 – Nova Zelândia

2 – Paraguai

3 – França

4 – Costa Rica

Recorde-se que este Campeonato Sub-20 disputa-se de dois em dois anos e que a primeira edição foi realizada no Canadá, com vitória dos USA, diante, precisamente, do Canadá – vitória no prolongamento –, num desafio que teve cerca de 60 mil espetadores!

Jantar de Gala

Com o Hotel Windsor praticamente à disposição da poderosa FIFA, teve lugar depois do sorteio um jantar de gala que reuniu todas as delegações dos 16 países. Ali, houve discursos vários, de representantes da FIFA e dos governantes canadianos, do federal ao municipal.

Seminário

Na sexta-feira, agora no espetacular Hotel Westin, houve um seminário dedicado aos jornalistas, uma forma de «aprenderem» o funcionamento de uma grande competição fifeira, desde o campo aos restantes meandros. Marcámos presença e questionámos aquilo que considerámos de questionar. Valeu. No dia seguinte já tínhamos alguns amigos seguidores.

Primeiro jogo

Como nota final, lembramos que o primeiro jogo deste grande torneio, o segundo em importância em termos de futebol feminino no mundo, é no dia 5 de agosto, entre o Canadá e o Gana, em jogo a disputar na cidade de Toronto.

Desporto
O sorteio do Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub-20, que se realizará no Canadá de 5 a 24 de agosto próximo, teve lugar no fim de semana passado, nas instalações do prestigioso Hotel Windsor, em Montreal.
Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020