logo
rss  Vol. XVIII - Nº 303         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Major League Soccer

Impacto ganha primeiro jogo

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

Depois de três semanas de treinos em Montreal, nas excelentes instalações desportivas do Colégio Marie-Victorin, o Impacto está neste momento na Florida, na cidade do Walt Disney (Orlando), naquilo que se poderá chamar da sua segunda fase de pré-época, pois que a terceira, e definitiva antes do Campeonato MLS 2014, se desenvolverá de novo em Montreal, à espera do dia 8 de maio, quando partirá para o Texas, para defrontar o Dallas no jogo pontapé de saída da importante competição.

Em Orlando, o Impacto, para além de um rigoroso programa de treinos, tomará parte no torneio de futebol Classique Pro Disney pela terceira vez, no qual saiu vencedor no ano passado, quando bateu, na final, o Columbus Crew, por 1-0.

Antes deste torneio – começou ontem no momento do fecho desta edição do LusoPresse – o Impacto dirimiu forças com a equipa local, que milita na Segunda Divisão e que, em 2015, passará a integrar a MLS juntamente com o New York City. No embate com o Orlando City, o resultado acabou favorável aos montrealenses, por duas bolas a uma, com forte oposição dos americanos.

patrice-bernier_armband2.jpg
Patrice Bernier

De qualquer maneira, este resultado motiva os jogadores quebequenses para os desafios que aí vêm, contra o Red Bull New York, Sporting Kansas City e uma equipa do Fluminense, campeã do Brasil em 2012.

Patrice Bernier capitão

Com a partida de Davy Arnaud para o DC United, o Impacto teve de escolher um novo capitão de equipa. O processo realizou-se há dias e a escolha recaiu em Patrice Bernier, um homem do país, visto ele ser natural de Brossard. De referir que Patrice Bernier já era um dos capitães na época passada. A acompanhar Patrice ficaram como vices o avançado Marco Di Vaio, o defesa Mateo Ferrari e o guarda-redes Troy Perkins. Escusado será dizer que Patrice Bernier ficou muito feliz por ter sido o preferido do staff impactoense.

A título de curiosidade...

Nestes 20 anos de clube (1993-2013), talvez os nossos leitores tenham a curiosidade de saber quem foram os atletas que tiveram a honra de envergar o braçal de capitão. Assim, o primeiro jogador a ter esse privilégio foi Marco Rizi (1993), um produto local mas que hoje, se não estamos em erro, vive nos Estados Unidos por força do seu casamento. O segundo capitão foi Patrice Ferri, cremos que oriundo de França mas de origem italiana, como de resto Rizi. Ferri «comandou» a tropa azul e preta do Impacto nos anos de 1993/1994. Seguiu-se-lhes Nick De Santis, outro produto local e outro elemento de origem italiana. De Santis, que é o atual diretor técnico do Impacto, foi seu capitão de 1995 a 2001. Veio depois Mauro Biello, também natural de Montreal e ainda de origem italiana. O seu mandato, o de mais longo curso, decorreu entre os anos 2002 a 2009. Nota para o facto de Mauro Biello ser atualmente um dos treinadores adjuntos da equipa. Como último capitão do Impacto versão, digamos assim, semiprofissional, Nevio Pizzolitto, também montrealense de nascimento e mais uma vez oriundo da Comunidade Italiana desta grande metrópole que é Montreal.

Comite Campeonato SUB 20 12221386294_5f2fcc4a53.jpg
O Comité responsável pelo Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub-20 que se disputa no Canadá é composto por estas pessoas, a que se juntarão outras.

O primeiro jogador não montrealense e não italiano de origem como líder do Impacto surgiu apenas com a integração do Impacto na Major League Soccer, em 2012. Foi ele Davy Arnaud, um americano do Texas. Em 2013, Arnaud continuou como capitão, embora tenha sido um jogador menos utilizado pelo treinador do que em 2012. Foi por isso que Patrice Bernier no ano passado já experimentou o uso da braçadeira por uma boa meia dúzia de vezes. Por isso, a sua escolha, como novo capitão para esta época que agora começa, não seja uma grande novidade, pelo menos para quem está relacionado com os meandros do futebol profissional em Montreal.

Mundial Feminino Sub-20

Os mais atentos sabem que o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino Sub-20 será disputado no Canadá, mais concretamente nas cidades de Edmonton, Toronto, Montreal e Moncton. Mas o que muitos não sabem é que o sorteio desta importante competição vai ter lugar no dia 1 de março, em Montreal, na Gare Windsor. Será um acontecimento de gabarito, com jornalistas de todo o país e de muitos países estrangeiros, principalmente dos 16 que têm representatividade.

Este Campeonato Mundial Sub-20 serve de prelúdio ao Campeonato Mundial Feminino Sénior, que se realizará no Canadá no verão de 2015.

Para quem ama este desporto, aconselhamos a estarem atentos porque se trata de uma competição muito evoluída, com as melhores jogadoras jovens de futebol do mundo, vindas de países poderosos como sejam os Estados Unidos, a Alemanha, a Inglaterra... Portugal que, infelizmente, continua fora destes grandes momentos...

Estarão, assim, 16 equipas em prova, provenientes dos cinco continentes, que disputarão 32 jogos até se encontrar um campeão – pode dizer, claro, uma campeã.

Com o sorteio do sábado, dia 1 de março, ficaremos a saber como ficarão os grupos acasalados. Depois é só esperar pelo dia 5 de agosto, momento do arranque da prova que só terminará no dia 24 do mesmo mês.

Destaque
Depois de três semanas de treinos em Montreal, nas excelentes instalações desportivas do Colégio Marie-Victorin, o Impacto está neste momento na Florida, na cidade do Walt Disney (Orlando), naquilo que se poderá chamar da sua segunda fase de pré-época, pois que a terceira, e definitiva antes do Campeonato MLS 2014, se desenvolverá de novo em Montreal, à espera do dia 8 de maio, quando partirá para o Texas, para defrontar o Dallas no jogo pontapé de saída da importante competição.
Major League Soccer.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020