logo
rss  Vol. XVIII - Nº 303         Montreal, QC, Canadá - terça-feira, 14 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Em Arcos de Valdevez

Apoios Sociais – Câmara Municipal entregou apoios para a recuperação habitacional e casas de habitação social a famílias carenciadas do concelho

Considerando o momento de crise, a Câmara Municipal pretende reforçar os programas de apoio social aos mais desfavorecidos. Está a alargar o âmbito das respostas e das pessoas a contemplar, comparticipando nomeadamente as despesas com rendas, saúde, educação, entre outras; continua a dar apoio às famílias carenciadas na realização de pequenas obras de melhoria do conforto habitacional e disponibiliza gratuitamente projetos-tipo para habitações a construir por famílias com dificuldades económicas.

Arcos Valdevez2.JPG

Assim, dando seguimento a estas políticas, o Presidente da Câmara Municipal, João Manuel Esteves, entregou no passado dia 7 de fevereiro apoios para a recuperação habitacional de estratos sociais desfavorecidos a três famílias do concelho. Um apoio no valor de 4 300 euros para a construção de uma casa de banho dentro de uma habitação; 2 208 euros para a reparação de um telhado e 14 000 euros para a construção de uma plataforma elevatória numa outra habitação, de forma a contribuir para uma melhor qualidade de vida de uma criança com dificuldades motoras.

Durante este dia foram ainda entregues duas casas de habitação social a duas famílias carenciadas nas freguesias de Aguiã e Vale.

Arcos Valdevez1.JPG

Com estas medidas o município pretende contribuir para que sejam criadas condições de bem-estar e qualidade de vida e, consequentemente, reforçar a coesão social.

Portugal
Considerando o momento de crise, a Câmara Municipal pretende reforçar os programas de apoio social aos mais desfavorecidos.
Em Arcos de Valdevez.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020