logo
rss  Vol. XVIII - Nº 303         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Emigrante açoriano de sucesso recebe comenda

Hoje destacamos um nome sonante na comunidade portuguesa do Canadá. Trata-se de Duarte Miranda que nasceu na Ilha de São Miguel, tendo a sua família emigrado para o Canadá em maio de 1963, quando ele tinha apenas 14 anos, estabelecendo-se na cidade de Montreal.

Como todos os emigrantes, nos primeiros anos encontrou as dificuldades habituais para o recém-chegado e jovem adolescente. Teve de aprender os dois idiomas oficiais do país de adoção, seja o inglês e o francês, tendo frequentado a Cardinal Newman High School e o Loyola College of Montreal em Literatura Francesa. Completou a sua formação académica através do «Institute of Canadian Bankers» e do «Centre international de recherche en management (HEC-Cirem)».

Desde jovem, sempre se interessou pelas causas e atividades ao serviço da comunidade, pelo que nos anos 60, pouco depois de sua chegada a Montreal, ele mobilizou jovens da comunidade portuguesa para interessá-los aos desportos de equipa, e assim ajudá-los na sua própria integração no novo país de adoção. Nessa mesma época, ainda quando ele mesmo começava apenas a falar tanto o francês como o inglês, atuava como acompanhante de várias pessoas da comunidade portuguesa que se encontravam em busca de emprego, servindo-lhes de intérprete. Mais tarde, implicou-se também na ajuda da juventude carente; acompanhou e apoiou jovens estudantes universitários, bem como jovens artistas líricos em início de carreira.

Duarte Miranda 1380369_10151972457568352_678298858_n.jpg

Banqueiro de profissão, Duarte Miranda permaneceu no Financial Group do RBC durante cerca de 35 anos, tendo ocupado vários cargos de direção, bem como executivo nas diferentes áreas onde atuou, incluindo na Banca aos Particulares, na Banca Corporativa, na Banca de Investimento Empresas e nos Negócios Internacionais, representando aquele Grupo nomeadamente no Brasil e no Chile, a título, entre outros, de Presidente-adjunto do Banco Royal do Canadá; Vice-presidente e Representante para o Brasil; Vice-presidente e Representante para o Chile e Vice-presidente, Responsável pelas operações do RBC Financial Group no Cone Sul.

Com uma carreira profissional fulgurante, passou por várias posições do topo daquele Grupo, tendo sido designadamente Vice-presidente, Comércio Mundial, responsável pelas atividades mundiais do grupo em financiamento do comércio internacional localizado em Toronto, entre 2001 e 2006. De destacar ainda, ter desempenhado o cargo entre outros de Vice-presidente para Projetos Especiais, Vice-presidente e Managing Director da América do Sul, responsável pelo financiamento às grandes empresas privadas e públicas e às instituições financeiras, e pelo financiamento ao comércio internacional, localizado em Santiago do Chile entre 1999 e 2001 e no Brasil entre 1997 e 1999.

Este influente açoriano reformou-se em 2007 do Royal Bank of Canada, altura em que ocupava o cargo de Vice-presidente, Comércio Mundial, com responsabilidade para as atividades mundiais de financiamento de comércio internacional.

No entanto, ao longo dos últimos anos, Duarte Miranda vem colaborando com diversas associações e organismos, de negócio, profissionais, filantrópicos, universitários e culturais, e fez parte do conselho de administração de vários deles, dos quais se destacam funções na Chambre de Commerce du Montréal métropolitain, no World Trade Center de Montreal e no Montréal International.

Uma referência especial para o trabalho desenvolvido na cadeira Philippe-Pariseault de formation en mondialisation des marchés de l'agro-alimentaire (Université du Québec à Montréal), onde colaborou na criação da Cátedra de estudos universitários em mundialização dos mercados agroalimentares, em 1994, da qual foi membro do Conselho de Administração até 1997.

Por outro lado, ajudou e colaborou com diferentes capítulos e estudantes universitários ativos na Association Internationale des Étudiants en Sciences Economiques et Commerciales e foi membro do Conselho de Administração da AIESEC da Universidade McGill em Montreal.

Este açoriano nunca baixou os braços e presidiu e apoiou Galas filantrópicos anuais entre 1994 e 1997, organizados para o levantamento de fundos, em apoio a jovens artistas líricos internacionais em início de carreira e ao desenvolvimento de seus talentos, e colaborou no levantamento de fundos para Visão Mundial, organismo caritativo mundial.

Duarte Miranda fez também parte dos conselhos de administração de vários organismos virados para o apoio ao desenvolvimento das empresas, em diversos setores, sempre com o intuito de compartilhar a sua própria experiência e os seus conhecimentos.

Do seu vasto curriculum: Duarte Miranda foi convidado pelo Presidente da Câmara da Cidade de Toronto, Dr. David Miller, para integrar o Comité Consultivo do Presidente da Câmara de Toronto sobre o desenvolvimento económico do município, sendo uma das principais contribuições desse grupo de trabalho a criação do organismo Invest Toronto, inaugurado em outubro de 2008, com a missão de fazer a promoção internacional de Toronto como destino para investimento institucional e corporativo.

Este micaelense tem sido um apaixonado pelas questões relacionadas com a mundialização dos mercados e suas ramificações e consequências sobre as empresas, assunto que ocupou as suas responsabilidades e preocupações profissionais ao longo de vários anos, continuando a colaborar em diversos fóruns e conferências sobre a matéria, além de fazer palestras sobre esse assunto, tanto no Canadá como no exterior do país.

Atualmente, Duarte Miranda é secretário do Conselho dos Governadores, colaborador do International Economic Forum of the America (Conférence de Montréal), bem como do Toronto Global Forum. É ainda membro do Conselho de Gestão da Cadeira sobre Cultura Portuguesa da Universidade de Montreal, onde colabora com o Professor Luís de Moura Sobral, Titular dessa Cátedra na dita universidade, para a qual criou o Grupo dos Amigos da Cátedra que tem como missão a solicitação de apoios filantrópicos para o seu financiamento.

Reconhecendo o papel determinante de Duarte Miranda na diáspora e no contributo para a promoção da comunidade portuguesa, Cavaco Silva agraciou-o a 10 de junho passado com o grau de Comendador da Ordem de Mérito de Portugal, que lhe será atribuída pessoalmente pelo Presidente da República na sua passagem por Toronto ainda neste mês de fevereiro. Estas condecorações são concedidas a pessoas que se destacam nas suas áreas de ação, quer a nível profissional, quer a nível pessoal, de forma a reconhecer certos atos meritórios, que tenham de algum modo favorecido o desenvolvimento da comunidade, da cultura e dos valores.

De referir ainda que em setembro de 2004, o Ministro da Economia do Governo português o nomeou Conselheiro Para a Internacionalização da economia portuguesa para o Canadá.

No seguimento da sua intensa ação filantrópica, Duarte Miranda acaba de tomar posse como membro ativo do Lions Clube de Rabo de Peixe, aderindo ao movimento leonístico internacional que se tem preocupado em levar a cabo várias e meritórias iniciativas em prol dos mais carenciados.

APC

Comunidade
Hoje destacamos um nome sonante na comunidade portuguesa do Canadá. Trata-se de Duarte Miranda que nasceu na Ilha de São Miguel, tendo a sua família emigrado para o Canadá em maio de 1963, quando ele tinha apenas 14 anos, estabelecendo-se na cidade de Montreal.
Duarte Miranda Ponte.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020