logo
rss  Vol. XVIII - Nº 303         Montreal, QC, Canadá - segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Bilhete de Lisboa

Ermida de Santo Amaro e o Convento das Flamengas

Por Filipa Cardoso

Vivo já há uns anos em Alcântara, bairro de Lisboa, mas só agora tive a oportunidade de visitar e apreciar dois magníficos monumentos religiosos que existem por cá e que se destacam pela qualidade e quantidade de elementos de azulejaria, a Ermida de Santo Amaro e o Convento das Flamengas.

A Ermida de Santo Amaro está implantada numa colina sobranceira ao rio Tejo perto do vale de Alcântara.

Foi edificada em 1449, com projeto atribuído a Diogo de Torralva.

Billhete de lisboa.JPG

Este templo de peregrinação, como o topónimo invoca, se devotou a Santo Amaro, protetor dos deficientes, com festa a 15 de janeiro.

A Ermida é constituída por uma igreja central envolvida parcialmente por uma galilé semicircular. As paredes estão totalmente revestidas por painéis de azulejos seiscentistas alusivos a Santo Amaro, mas com grande profusão decorativa, onde é possível ver anjos, aves e frutos. Nestes magníficos azulejos predomina a cor ocre (amarelo) para simular a talha dourada.

Há dois pequenos altares onde está representado Santo Amaro, num como simples peregrino e, no outro, na condição de Bispo.

No século XVIII os três arcos abertos foram gradeados com imponentes portões de ferro forjado.

A última romaria realizou-se em 1911 e a partir dessa data foi deixada ao abandono, tendo chegado a servir de carvoaria…

Em 1928 as práticas do culto foram reiniciadas.

O Convento das Flamengas, de invocação a Nossa Senhora da Quietação, foi uma obra patrocinada pelo rei Filipe I, de Portugal, para receber monjas provenientes de Flandres.

Foi construído entre 1582 e 1586 tendo Nicolau de Frias como arquiteto.

O edifício desenvolve-se em volta de dois tranquilos claustros decorados por uma grande quantidade e variedade de azulejos.

A Igreja é revestida por azulejos do século XVIII que retratam vários momentos da vida das religiosas.

No primeiro andar, junto ao Coro Alto, na Sala do Rosário, pode-se admirar vinte e três magníficas telas de autoria do pintor Bento Coelho da Silveira e oito lambrins de azulejos.

Como curiosidade, a tutela da Igreja pertence à paróquia de São Pedro de Alcântara, mas o claustro, onde funciona um lar para a terceira idade, tem como tutela o Ministério da Segurança Social.

Bilhete de Lisboa
Vivo já há uns anos em Alcântara, bairro de Lisboa, mas só agora tive a oportunidade de visitar e apreciar dois magníficos monumentos religiosos que existem por cá e que se destacam pela qualidade e quantidade de elementos de azulejaria, a Ermida de Santo Amaro e o Convento das Flamengas.
Bilhete de Lisboa.doc
no
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020