logo
rss  Vol. XVIII - Nº 302         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Desporto

Impacto continua preparação

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

O Impacto de Montreal continua a sua preparação com vista à época que se avizinha. Os treinos têm decorrido a bom ritmo no ginásio/terreno do colégio Marie-Victorin, sob o comando do novo treinador americano, Frank Koplas.

Com apenas quatro novos recrutas, sem falar nos atletas oriundos da Academia que se juntaram ao grupo, o Impacto espera poder analisar o seu plantel nesta fase preparatória de maneira a decidir, mais adiante no tempo, se precisa de mais jogadores; e que tipo de jogadores.

Donavon.jpg
A Seleção dos Estados Unidos,contra a Coreia, fez um bom jogo e o seu capitão,Landon Donavan, teve papel preponderante ao preparar os dois golos de Wondo.

Eric Miller, George Malki, Pete Caringi e Jordan Ongaro, este canadiano de Edmonton, são os jogadores recrutados nas fases da escolha anual entre todas as equipas, realizadas a meados de janeiro passado. São jovens, mas têm talento para lutar por um lugar ao sol, isto se a equipa técnica montrealense quiser dar tempo ao tempo. Ao invés, se não houver paciência, pode ser que o destino deles possa ser algures.

Sem Nesta, jogador que dava prestígio ao grupo e que imponha responsabilidade, e sem Arnaud, seu ex-capitão, o Impacto terá de reforçar fileiras para que em novembro próximo possa estar disputando a fase eliminatória, de novo o grande objetivo do clube para 2014. Vale que Nelson Rivas, que em duas temporadas jogou pouco mais que meia dúzia de partidas, está de regresso... E diz-se que poderá recuperar a forma que fez dele um dos melhores jogadores do Inter Milão!

Quando a nossa próxima edição estiver de volta, o Impacto estará na Florida, na segunda fase da sua preparação, onde por acaso participará no torneio de Orlando, com várias equipas. Trata-se do mesmo torneio que venceu em 2013.

Estados Unidos vencem

A Seleção dos Estados Unidos jogou a semana passada contra a Seleção da Coreia do Sul, formação também apurada para o Campeonato do Mundo de Futebol Brasil 2014. O jogo teve lugar em Los Angeles e o resultado foi uma vitória americana por 2-0. Pode dizer-se que a vitória dos ianques foi justa e sem apelo, mesmo se os Estados Unidos apresentaram um leque de jogadores só proveniente da Major League Soccer. A exceção foi Diskerud, que por alinhar no Campeonato da Noruega, interrompido devido ao inverno rigoroso naquele país, pôde alinhar pela sua seleção.

A razão da não participação de jogadores americanos a disputarem campeonatos na Europa teve a ver com o facto de esta não ser uma data FIFA, que antes do Mundial do Brasil só vai acontecer duas vezes, a primeira já no dia 5 de março.

Com os 23 jogadores da MLS neste jogo e os mais de uma dúzia que podem ser recrutados na Europa, os Estados Unidos que, não se esqueçam, estão no grupo de Portugal, podem e devem fazer uma equipa poderosa, capaz de dar boa luta no Mundial.

FPF festeja 100 anos

JOHN TAVARES.jpg
John Tavares

A Federação Portuguesa de Futebol festeja 100 anos no dia 31 de março. E vai daí, decidiu convidar o presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, para presidir ao evento. Foi Fernando Gomes, presidente do organismo que dirige o futebol em Portugal, que em nome da sua direção, convidou o mais alto dignitário da nação para aquele efeito.

Mas Fernando Gomes não se ficou por aí. Também convidou Cavaco Silva para estar presente na final da Taça de Portugal, no Jamor, a 18 de maio, e na final da Liga dos Campeões, no Estádio da Luz, no dia 24 de maio.

Não satisfeito, Fernando Gomes ainda abordou o presidente da República para a possibilidade dele estar presente num dos jogos da Seleção Nacional no Campeonato do Mundo do Brasil.

Jogos Olímpicos

DREW DOUGHTY.png
À parte John Tavares, o outro lusodescendente da equipa de hóquei no gelo do Canadá que toma parte nos Jogos Olímpicos é Drew Dougthy.

Os Jogos Olímpicos de Inverno começaram hoje em Sotchi, na Rússia. Na delegação do Canadá, país que acolhe uma comunidade portuguesa avaliada em 600 mil pessoas, estão dois luso-descendentes, os jogadores de hóquei no gelo John Tavares, do Islanders de Nova Iorque, e Drew Dougty, dos Kings de Los Angeles.

Depois da participação de Meaghan Benfeito nos Jogos Olímpicos de Verão de Londres 2012, são agora mais dois dos «nossos» a estarem na Rússia para representar o Canadá e que, tal como Meaghan Benfeito, com bastas possibilidades de regressarem ao país que os viu nascer de medalha ao pescoço.

Ambos são oriundos da província do Ontário.

Destaque
O Impacto de Montreal continua a sua preparação com vista à época que se avizinha. Os treinos têm decorrido a bom ritmo no ginásio/terreno do colégio Marie-Victorin, sob o comando do novo treinador americano, Frank Koplas.
Desporto.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020