logo
rss  Vol. XVII - Nº 299         Montreal, QC, Canadá - terça-feira, 14 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Na Universidade de Aveiro

Onésimo Almeida recebe «Honoris Causa»

Osvaldo Cabral

Por Osvaldo Cabral

O escritor e ensaísta açoriano Onésimo Almeida, que leciona nos Estados Unidos, vai receber o Doutoramento Honoris Causa pela prestigiada Universidade de Aveiro.

O doutoramento foi proposto pelo Prof. Júlio Pedrosa, antigo Ministro da Educação e ex-Reitor daquela universidade, imediatamente aprovado por todos os restantes antigos reitores.

A cerimónia decorrerá no próximo dia 16 de dezembro, pelas 15 horas, e a madrinha do doutoramento será a Prof.ª Isabel Alarcão, antiga reitora, que fará o respetivo discurso de justificação.

Trata-se de uma cerimónia integrada nas comemorações dos 40 anos da Universidade de Aveiro.

Onesimo Almeida.jpg

Onésimo Almeida, que é responsável pelo Departamento de Estudos Portugueses e Brasileiros da Universidade de Brown, em Providence, que ajudou a fundar, já tinha sido agraciado, em maio passado, com a entrada oficial para a Academia da Marinha Portuguesa, na secção de História Náutica, tendo efetuado uma conferência na respetiva cerimónia.

Conhecido pela sua disponibilidade permanente em colaborar com a comunidade açoriana, onde possui um programa de televisão, há vários anos, no «Portuguese Channel», em New Bedford, o professor catedrático de Filosofia, discípulo do Prof. José Enes, foi um dos principais colaboradores da Universidade dos Açores, que é, assim, ultrapassada, pela Universidade de Aveiro.

Escritor com vários livros e centenas de estudos publicados, para além de inúmeras conferências proferidas em dezenas de capitais, é colaborador permanente de revistas literárias e jornais nacionais e internacionais, sendo ainda fundador e dirigente da editora Gávea-Brown.

É membro da direção da PALCUS, foi Vice-Presidente do Rhode Island Council for the Humanities e da Associação Internacional de Lusitanistas, membro da Academia Internacional de Cultura Portuguesa e colaborou na RTP-Açores com o programa «Onésimo à conversa com...», onde entrevistou dezenas de personalidades do mundo das artes e literatura, em gravações efetuadas no Teatro Ribeiragrandense.

Natural do Pico da Pedra, onde ainda há poucos meses foi homenageado pela Casa do Povo, deu o seu nome à Biblioteca local e é assíduo colaborador com as atividades da sua freguesia natal.

Onésimo Almeida, 67 anos de idade, estudou no Seminário de Angra, onde deixou vasto rasto intelectual, e licenciou-se na Universidade Católica, em Lisboa, tendo emigrado para os Estados Unidos em 1972, onde se doutorou no Departamento de Filosofia da Universidade de Brown.

Crónica
O escritor e ensaísta açoriano Onésimo Almeida, que leciona nos Estados Unidos, vai receber o Doutoramento Honoris Causa pela prestigiada Universidade de Aveiro.
Onesimo Almeida recebe.doc
no
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020