logo
rss  Vol. XVII - Nº 285         Montreal, QC, Canadá - sábado, 24 de Outubro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Orgulho da Ilha do Pico

Ribeirense ganha Taça de Portugal

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

O Grupo Desportivo Ribeirense, da Ilha do Pico, nos Açores, voltou a ganhar a Taça de Portugal em voleibol feminino. Desta feita, agiu como adversária a formação do Grupo Desportivo de Gueifães, da Maia, distrito do Porto. O resultado foi de 3-1 (24-26, 25-23, 25-22 e 25-20), em jogo disputado no Norte, em Baião, não muito longe da Maia.

Com esta vitória, a equipa açoriana, que é orientada pelo brasileiro Paulo Barreto, arrecadou a sua quarta Taça de Portugal, numa clara demonstração de que é, para todos os efeitos, a melhor equipa feminina de voleibol de Portugal. De resto, este é o terceiro título consecutivo que o Ribeirense leva para a Ilha Montanha. Nada mau para quem disputou cinco finais, ganha quatro (2009, 3-1, precisamente contra o Gueifães, 2011, 3-1 ao CA Trofa, 2012, 3-0 ao Castelo da Maia), só perdendo no ano de estreia, em 2006, contra o CA Trofa, pela margem mínima (3-2).

Na corrida para a final da Taça, o Ribeirense eliminou outras equipas do Norte de Portugal, como sejam o Leixões e o Boavista, equipas com tradição no voleibol nacional.

ribeirense ganha -460x340.jpg

Mas esta nova vitória do Ribeirense na Taça de Portugal não é o que se pode considerar uma grande surpresa, como já demos a entender no início deste texto. Basta recordar que as picoenses são bicampeãs de Portugal na modalidade e, este ano, preparam-se para voltar a ganhar o campeonato, onde são primeiras da classificação com uma vantagem já assinalável.

Estas vitórias do Ribeirense, a par do que vem acontecendo, a nível masculino, com a Fonte do Bastardo (também vencedor da Taça de Portugal – ver nota a seguir - e que neste momento ocupa o terceiro lugar no nacional), da Ilha Terceira, veem provar, mais uma vez, que os Açores, em voleibol, são uma das maiores potências de Portugal.

Neste momento o voleibol açoriano está no top nacional através do Ribeirense (Ilha do Pico) e da Fonte Bastardo (Ilha Terceira). Mas quem se não lembra das proezas das equipas dos Antigos Alunos (masculina), Vólei Clube (masculina e feminina) e Clube União Micaelense (feminina) dos anos 90, todas de São Miguel?

Para todos os açorianos, e em particular os terceirenses, a expectativa é grande no fim de semana que se avizinha, isto na medida em que a Fonte do Bastardo, caso vença a poderosa equipa do Sporting de Espinho, a formação voleibolista com mais troféus a nível do país, dizia, caso vença o Sporting de Espinho, a Fonte do Bastardo fica com boas hipóteses de jogar a final do campeonato com o colosso Benfica.

Desporto
O Grupo Desportivo Ribeirense, da Ilha do Pico, nos Açores, voltou a ganhar a Taça de Portugal em voleibol feminino. Desta feita, agiu como adversária a formação do Grupo Desportivo de Gueifães, da Maia, distrito do Porto. O resultado foi de 3-1 (24-26, 25-23, 25-22 e 25-20), em jogo disputado no Norte, em Baião, não muito longe da Maia.
Orgulho da Ilha do Pico.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020