logo
rss  Vol. XVII - Nº 285         Montreal, QC, Canadá - sábado, 24 de Outubro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Em junho, em quatro cidades canadianas

Decorrem provas do novo regime de certificação de Português

Por Elisa Fonseca, Agência Lusa

Toronto - O novo regime de certificação de aprendizagem da língua portuguesa estreia-se no Canadá com testes a 15 de junho nas cidades de Otava, Toronto, Waterloo e Montreal, indicou à agência Lusa a coordenadora do Ensino de Português no país.

A data de início das inscrições será anunciada durante o mês de abril, referiu Ana Paula Ribeiro.

Este novo sistema, destinado à certificação oficial das aprendizagens do Português enquanto língua segunda ou língua estrangeira, «é opcional e envolve o pagamento de uma taxa, que varia conforme os níveis de exame dos candidatos. No entanto, essa taxa não será cobrada neste primeiro ano», sublinhou aquela responsável.

Iniciativa conjunta do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (do Ministério dos Negócios Estrangeiros) e do Ministério da Educação, esta nova certificação segue o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, abrangendo seis níveis, desde o A1, de iniciantes, ao C2, que reconhece a proficiência máxima em português.

"No Canadá, neste momento vamos disponibilizar a certificação até ao nível C1», adiantou.

Os testes a serem ministrados contemplam quatro avaliações: Compreensão de leitura, expressão escrita, compreensão oral e expressão oral.

Uma vez concluída a prova, os alunos receberão um certificado emitido pelo Estado português que atesta os seus níveis de proficiência linguística em português.

No plano universitário, o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua mantém quatro presenças em território canadiano: um leitorado na Universidade de Toronto e três docentes contratados, ao abrigo de protocolos, nas universidades de York, Otava e de Montreal, tendo substituído, em janeiro passado, o leitor na Universidade de Toronto.

No conjunto destas quatro universidades canadianas, o total de alunos a frequentarem aulas de português ascenderá a cerca de seis centenas, estima Ana Paula Ribeiro.

A Coordenação de Ensino tem, por outro lado, procurado estabelecer um relacionamento com outras universidades canadianas com vista a possibilitar a criação cursos de português.

"Estabelecemos essa relação com as universidades da Colômbia Britânica, Waterloo e de Outaouais, e estamos no processo de colaboração para a criação de um curso de português numa Universidade em Halifax e na Queens University, em Kingston, estando já em funcionamento um curso de português no Humber College», revelou.

No que respeita às escolas de ensino básico e secundário em língua portuguesa, prosseguem contatos com mais direções escolares em vários pontos do país, visando «a formalização de memorandos de entendimento que nos permitam alguma intervenção na promoção da língua portuguesa e na qualidade do ensino de português».

No corrente ano, executará um plano de formação de professores em Otava e Toronto (na província de Ontário), Montreal (em Quebeque) e Edmonton (Alberta) e continuará a oferta de minibibliotecas a várias escolas, como medida inserida na estratégia de incentivo à leitura em Português.

Em paralelo a estas atividades, a coordenação mantém, desde setembro do ano passado, o instituto de língua portuguesa Camões em Toronto, o qual está a funcionar nas instalações do consulado português, possuindo, em média, 18 a 20 alunos adultos, em aulas privadas ou em classe, de Português europeu e do Brasil.

A maioria dos alunos do Camões Toronto é canadiana, mas inclui «alguns lusodescendentes ou mesmo de primeira geração que pretendem melhorar o seu português», aludiu.

Embora em Otava exista igualmente um Camões para o ensino de Português, este encontra-se inativo, retorquindo a responsável que «está em processo de estruturação de cursos», esperando que em setembro esteja em condições de funcionar.

Língua Portuguesa
O novo regime de certificação de aprendizagem da língua portuguesa estreia-se no Canadá com testes a 15 de junho nas cidades de Otava, Toronto, Waterloo e Montreal, indicou à agência Lusa a coordenadora do Ensino de Português no país.
Em junho em quatro cidades canadianas.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020