logo
rss  Vol. XVII - Nº 285         Montreal, QC, Canadá - sábado, 24 de Outubro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Câmara Municipal de Montreal

Luís Miranda nos Transportes e Trabalhos Públicos

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

Há semanas, na Câmara Municipal de Montreal, os eleitos camarários foram alvo de reafetações, naquilo a que se costuma chamar de «dança das cadeiras». Foi assim que tomámos conhecimento que o nosso compatriota Luís Miranda, «maire» de Anjou, acedeu ao cargo de presidente da Comissão de Transportes e de Trabalhos Públicos. Para membro desta mesma comissão foi designado o nosso bem conhecido Alexander Norris, lusófilo que é vereador no Plateau, bairro de Mile End.

Já Ana Nunes, vereadora na Freguesia de Outremont, as suas responsabilidades no organigrama da Câmara Municipal de Montreal passam por ser membro da Comissão da Cultura, Património e Desporto.

Voltando a Luís Miranda, é preciso dizer que faz parte do Comité Executivo, que é o que se pode dizer, do governo da cidade.

Outra novidade ainda em relação ao «maire» anjoense é que deixou de pertencer ao partido União de Montreal, do antigo presidente Gérald Tremblay. Além de Luís Miranda, e por simples curiosidade, também deixaram União Montreal todos os restantes membros da Freguesia de Anjou, numa prova de assinalável solidariedade.

Com as eleições municipais previstas para o mês de novembro que aí vem, será curioso ver para que lado os políticos de Anjou vão tombar. Para o Project Montréal de Richard Bergeron? Para o Vision Montréal de Louise Harel? Estamos convencidos que nem para um nem para outro, isto se bem conseguimos ler as tendências do homem que nasceu no Pico da Pedra (concelho de Ribeira Grande).

A hipótese mais viável será esperar para ver se aparece um novo partido que consiga conquistar a simpatia de Luís Miranda e dos seus correligionários, e muitos outros nas mesmas condições (há neste momento muitos independentes...). A outra possibilidade, mais remota, no entanto, é que Luís Miranda acabe por criar o seu próprio partido, que mais não seja para concorrer às eleições do seu bairro: Anjou.

Muitos «ses», que levam a que se possa especular com isso. No entanto, estamos certos que o menos preocupado com a situação é o próprio Luís Miranda, que é quem controla a sua agenda. Nem mais!

Já agora, outro nome a soar a português, Alain de Sousa, que continua fiel ao União Montreal, ficou responsável pela Comissão da Água, do Ambiente e do Desenvolvimento dos Grandes Parques, que acumula com o lugar de «maire» de St-Laurent. Alain de Sousa, para quem não saiba, nasceu no Paquistão de uma família oriunda de Goa, na Índia, que era, como todos sabem, uma possessão territorial sob administração portuguesa.

Segurança dos transeuntes

Como responsável da Comissão dos Transportes e Trabalhos Públicos, Luís Miranda coordena nos próximos dias 10 de abril, 1 de maio, 14 de maio, 16 de maio e 21 de maio a assembleia pública de análise das necessidades e desejos da população sobre as possíveis intervenções e revisões das passagens de peões tendo em consideração a segurança dos mesmos. A primeira sessão tem lugar na própria Câmara Municipal, na sala do Conselho e começa às 19h00.

Política Municipal
Há semanas, na Câmara Municipal de Montreal, os eleitos camarários foram alvo de reafetações, naquilo a que se costuma chamar de «dança das cadeiras».
Camara Municipal de Montreal.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020