logo
rss  Vol. XVII - Nº 282         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 23 de Outubro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Empresários do Vale do Cávado...

Enfrentam crise com apoio da ACIB e com iniciativas para competitividade

A partir desta edição, a ACIB passa a ter no LusoPresse uma coluna onde dará conta dos seus projetos e realizações. Trata-se de uma parceria importante visto estar em causa os nossos compatriotas empresários do Minho e a comunidade portuguesa do Quebeque oriunda daquela região do Norte de Portugal.

A ACIB através do Programa Formação PME da AEP – Associação Empresarial de Portugal, está a apoiar 59 empresas do Vale do Cávado numa ação que envolve 1100 trabalhadores, com o objetivo de contribuir à sua melhoria global e consequentemente da competitividade.

Empresarios Vale Cavado.jpg

Foi no Salão Nobre da ACIB que se realizou a Cerimónia de abertura do Programa Formação PME 2013/14, tendo o Presidente da ACIB, João Albuquerque, presidido à mesma.

As suas palavras foram de felicitação e encorajamento aos empresários presentes, apontando que para Portugal ter futuro precisa dos empresários e do emprego que criam. Na intervenção de abertura, João Albuquerque enfatizou a importância deste programa de apoio como instrumento decisivo para a melhoria da competitividade das empresas.

Com Portugal em crise, em recessão profunda e com desânimo, o Presidente da ACIB vem dar uma mensagem de confiança no futuro, assente em muito trabalho, rigor e profissionalismo. Os 59 empresários que aderiram ao programa são amostra da vivacidade do tecido empresarial.

Em nome da AEP – Associação Empresarial de Portugal, Manuel Biltes disse que «o Programa é dirigido às empresas enquanto organizações, sendo a participação dos empresários e dos colaboradores, no Diagnóstico Estratégico e na execução do Plano de Desenvolvimento fundamental para a sustentabilidade das melhorias organizacionais, das competências individuais e geração continuada de resultados».

Afirmou ainda «que uma empresa tendo como base do seu próprio desenvolvimento, a exploração do networking como prática de abordagem a oportunidades de negócios, gera dimensão e permite ganhos significativos de escala».

É neste sentido que a ACIB, em parceria com a AEP e os seus consultores, vai trabalhar durante todo este programa para das às empresas participantes todas as ferramentas e know-how, para poderem atingir pleno sucesso num mercado nacional e internacional cada vez mais competitivo.

Nestes anos anteriores a ACIB e desde 2007 já interveio em 341 empresas, num total de 52 789 horas de consultoria e 200 428 de volume de formação, envolveu 10 885 formandos e 1 278 cursos de formação. Em 2013/2014 a ACIB irá formar mais empresas, tendo a primeira fase iniciado no dia 20 de janeiro de 2013 e a segunda fase em abril/maio, num total de 7 770 horas de consultoria e 8 984 horas de formação.

O futuro empresarial do vale do Cávado é uma prioridade estratégica para a ACIB, pelo que continuarão a ser implementados projetos de apoio direto às empresas.

Acreditar nas empresas é acreditar no futuro de Portugal.

 

Portugal
A partir desta edição, a ACIB passa a ter no LusoPresse uma coluna onde dará conta dos seus projetos e realizações. Trata-se de uma parceria importante visto estar em causa os nossos compatriotas empresários do Minho e a comunidade portuguesa do Quebeque oriunda daquela região do Norte de Portugal.
Empresas do vale do Cavado enfrentam crise com apoio da ACIB.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020