logo
rss  Vol. XVII - Nº 280         Montreal, QC, Canadá - segunda-feira, 12 de Abril de 2021
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Divulgado no Palácio dos Congressos

BMW vira parceiro do Comité Olímpico Canadiano

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

O Comité Olímpico Canadiano, sob a batuta do advogado quebequense Marcel Aubut, tem feito um trabalho sensacional nos últimos dois, três anos. Começou com os Jogos Olímpicos de Vancouver (Inverno), continuou com os Jogos de Londres (Verão) e pelo jeito continua, agora com novos apoios, já com o objectivo de mais medalhas nos Jogos de Sotchi (2014), na Rússia, e mais a médio prazo, nos do Rio de Janeiro, em 2016.

Vem isto a propósito do apoio importantíssimo que o Comité Olímpico Canadiano acaba de receber de uma das multinacionais mais poderosas do Mundo, como é a companhia alemã BMW, produtora dos famosos carros do mesmo nome; e dos interessantíssimos MINI.

Olimpicos1.JPG
Marcel Aubut e Eduardo Villaverde, junto com os jovens atletas, festejam a união de duas forças.
Foto  - LusoPresse

O casamento da BMW com o COC foi selado sexta-feira passada, em cerimónia levada a cabo no Palácio dos Congressos, em Montreal, sob os auspícios do Salão do Automóvel de Montreal. Presentes, dirigentes do COC, liderados, como não podia deixar de ser, por Marcel Aubut, alguns atletas do programa olímpico, e membros da direcção da companhia alemã, destacando-se a presença do presidente do grupo para o Canadá, Eduardo Villaverde.

Como disse Marcel Aubut aos jornalistas, o patrocínio da BMW já era desejado há muito tempo, mas nunca tinha sido possível. De algum tempo a esta parte, o presidente do COC vinha namorando com mais insistência a multinacional alemã que no seu programa de comandite apoiava, desde há anos, os nossos vizinhos do Sul.

«Este apoio é um sonho realizado. É um grande apoio para os nossos atletas. Tenho muito orgulho por esta conquista. É um apoio muito significativo e durará quatro anos», reforçou Marcel Aubut. E quando alguém perguntou se o apoio era mais de índole logística, o presidente do COC, de sorriso largo, ao mesmo tempo que abanava a cabeça, logo adiantou que «Não. Já disse que este apoio é um apoio importante. Um apoio que procurávamos há muito tempo». E qual é o montante do envelope? foi outra pergunta no ar. Marcel Aubut evitou responder e passou adiante.

Olimpicos Toronto1.jpg
No mesmo dia, mas de tarde, a história repetiu-se em Toronto.
Foto  - LusoPresse

Por sua vez, Eduardo Villaverde regozijou-se com a associação da sua empresa com o Comité Olímpico Canadiano, cujos atletas se esforçam por atingir altas performances, o que vai de encontro com os valores da BMW. «As nossas duas organizações têm convicções e valores comuns e que nós acreditamos que dessa colaboração nascerão vantagens consideráveis para as nossas duas equipas», diria a dado passo o presidente diretor-geral da BMW Canadá.

Dos atletas presentes, usaram da palavra os medalhas de bronze Roseline Filion (saltos para a água) e Antoine Valois-Fortier (judo). Naturalmente que as palavras de ambos foram de grande contentamento pelo apoio de tão venerável patrocinador.

A nota final serve para dizer que Sérgio Pessoa, de origem brasileira, representou como judoca a Lusofonia nesta conferência de Imprensa algo diferente, por ser feita entre muitos e bons automóveis, como as fotografias fazem fé.

 

Desporto
O Comité Olímpico Canadiano, sob a batuta do advogado quebequense Marcel Aubut, tem feito um trabalho sensacional nos últimos dois, três anos.
Divulgado no Palacio dos Congressos.doc
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2021