logo
rss  Vol. XVI - Nº 270         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 03 de Junho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Joe Puga, uma visita por bem crer

Adelaide Vilela

Por Adelaide Vilela

Caro leitor seja feliz neste verão!

Hoje os meus olhos deixaram-se deslumbrar, sem que uma lágrima, ainda que de emoção, no regaço me caísse. Não quis e não podia chorar: é que os maus tempos de ontem são hoje as nossas maiores alegrias. Porquê? O Joe Puga milagrosamente está livre de perigo!

joe Puga uma visita por bem crer Adelaide Joe Puga.jpg
Joe Puga, na companhia da nossa colaboradora Adelaide Vilela, sua grande amiga

E o sonho de alguém dá sempre cor à alma daqueles que, como eu, desejam ver a felicidade estampada no rosto da sociedade.

Amigos, neste momento estou bem mais feliz e venho partilhar convosco esta minha satisfação. A minha casa ganhou luz esta semana: os fantasmas de branco indumentados desceram ao inferno, e aí se quedaram cerrados a sete chaves. Os anjos, escondidos nos cofres empoeirados, do sótão, saíram tocando flauta e apareceram de novo às janelas do «pequeno palácio» a que eu chamo – o meu lar de amor.

Tudo isto se passa numa cena imaginada com um pingo de realidade: na verdade, diria que o nosso artista bem-amado passou por cá. Para nós foi o herói da semana, e ficamos contentes com a sua visita. Constatamos que já respira saúde! E regressou com todas a suas potencialidades de ser humano: cordial, sociável, humilde e afetuoso!

Neste dia de sexta-feira 13, foram várias as pessoas que me perguntaram se o Joe Puga ia recuperando bem do aneurisma de que foi vítima, no dia 23 de abril do ano em curso. Logo, pela manhã, o Norberto Aguiar, preocupado, quis saber algo sobre a recuperação do Joe, solicitando ainda para que eu lhe escrevesse um pequeno comentário. Tem razão o chefe de redação deste Órgão de Informação, pelo facto de muitas pessoas perguntarem pelo artista. Não se fez tarde, logo no mesmo dia, a Linda Magalhães, a Maria José Domingos, a Fernanda Vilela, a Filomena Costa, a Marlène Gauthier e muito mais pessoas quiseram informar-se sobre o estado de saúde do grande amigo Joe. Verdade seja dita, o Joe consegue facilmente conquistar um lugar no coração e na amizade das pessoas.

O Joe Puga revela-se um homem paciente e corajoso. Desenha-se assim um tempo frutuoso para o rapaz. Segundo os médicos, em quem ele confia em absoluto, já não são necessárias mais cirurgias. O Joe foi operado uma só vez. O próximo tratamento vai acontecer no fim do verão, através de Raios Laser. Assim, contamos nós e os médicos também que tudo corra pelo melhor, como o Joe Puga merece. Temos a certeza que o tratamento será eficaz em virtude da adaptação a quaisquer situações e ao poder de compreensão e capacidade de concentração que o Joe consegue em tudo quanto empreende pela vida fora.

Não seja agora que o Joe Puga esmoreça…

Não te esqueças querido Joe das palavras de Sócrates, citado por Platão: «Há no artista uma «força divina» posta à prova pelo poeta, pois que «a musa cria inspirados por ela mesma, e através destes inspirados os outros sentem o entusiasmo».

Joe Puga, eu e todos quantos perguntam por ti, prezamos a tua amizade e apreciamos o teu calor humano. Regressa rápido. Nós queremos ouvir-te cantar de galo e ver de novo as garras do leão em ti vincadas.

yes
Pessoas e factos
Hoje os meus olhos deixaram-se deslumbrar, sem que uma lágrima, ainda que de emoção, no regaço me caísse. Não quis e não podia chorar: é que os maus tempos de ontem são hoje as nossas maiores alegrias. Porquê?
Joe Puga Lusopresse.doc
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020