logo
rss  Vol. XVI - Nº 270         Montreal, QC, Canadá - segunda-feira, 21 de Setembro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Exposição da Cerâmica Vieira

Autarquia assinala 150° aniversário

Exposicao Cerâmica Viera.JPG

A Câmara Municipal de Lagoa vai assinalar o 150º aniversário da Cerâmica Vieira com uma exposição que se realizará no edifício situado em frente aos Paços do Concelho. Trata-se da exposição «Cerâmica Vieira – Memória e Artificio» que vai ser inaugurada no dia 20 de Julho, pelas 21h00, e que mostrará através de reportagens de jornal, fotografias, e mais de 250 peças de cerâmica a história da Cerâmica Vieira, ao longo de 150 anos.

O presidente da Câmara Municipal de Lagoa, João Ponte, salienta que, através desta exposição, ficamos não só a conhecer mais sobre a história deste centro de produção, numa viagem temporal que nos leva à fundação da primeira fábrica por Bernardino da Silva até à sua continuação pela família Vieira, numa 5ª geração, mas também sobre o engenho por detrás da realização de cada peça, o maquinismo humanizado envolvente que, «movendo a roda com o pé direito, dá, ao mesmo tempo, com as mãos a forma que pretende ao barro." O autarca ainda refere que a realização desta iniciativa é também «uma forma de reconhecimento aos anteriores e atuais proprietários da Cerâmica Vieira, pelo trabalho e empenho em manter vivo um dos nossos maiores tesouros culturais, bem como a todos os seus funcionários, oleiros e artistas que trabalharam e ainda trabalham nesta fábrica. A eles e à sua persistência deve-se 150 anos de história desta fábrica e a razão para a resistência de uma tradição que é uma forma de arte secular que marca inequivocamente a identidade e cultura dos Açores.»

Ceramica Vieira.jpg

Assim sendo, a exposição que ficará patente até ao dia 2 de Setembro divide-se em seis fases. Numa primeira fase far-se-á o enquadramento histórico e geográfico da instalação da fábrica e a passagem da Cerâmica Vieira por quatro das suas cinco gerações de proprietários e poder-se-á visualizar peças alusivas aos costumes etnográficos açorianos, como seja a mulher de capote e capelo elaborada pelo artista Luís Gouveia, considerado na Lagoa como sendo o mestre de muitos dos artesãos e bonecreiros existentes. O propósito passa também por transmitir a participação ativa da Cerâmica Vieira no processo social de produção e difusão de referências identitárias da ilha, nomeadamente com o casal micaelense que se tornou na representação central da escultura cerâmica da Lagoa, sendo notória a predominância da mulher de capote e capelo. Na segunda fase, será possível visualizar algumas das fases do processo de fabrico artesanal, desde logo, a extracção do barro, a reconstituição do trabalho à roda, a secagem e a cozedura, o banho de vidrado e a decoração. Já na terceira fase assistir-se-á à reconstituição da saída da fábrica de uma carroça de um vendedor itinerante, por forma, a mostrar como a atividade da fábrica Cerâmica Vieira se inseria nas relações sociais e no desenvolvimento económico do concelho, bem como será possível patentear o tipo de louça que se usava no quotidiano de outrora. Na 4 fase, diferentes tipos de cerâmica serão expostos, desde logo, a cerâmica de revestimentos, a cerâmica de equipamento, na qual se destacam as peças utilitárias, decorativas e artísticas. A quinta fase será dedicada ao desenvolvimento de serviço educativo com o propósito de dar a conhecer ao público escolar e não escolar esta arte popular que faz parte da cultura lagoense, de forma a despoletar a curiosidade e o sentido critico de crianças, jovens, adultos e, também, idosos. A última fase será dedicada à atualidade da Fábrica Cerâmica Vieira e fará referência à 5ª geração de proprietários e destacará a aposta na inovação por parte dos atuais gestores na produção das peças artesanais, aliando à criatividade a preservação de saberes de outrora.

no
Açores
A Câmara Municipal de Lagoa vai assinalar o 150º aniversário da Cerâmica Vieira com uma exposição que se realizará no edifício situado em frente aos Paços do Concelho.
Exposição da Cerâmica Vieira.doc
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020