logo
rss  Vol. XVI - Nº 256         Montreal, QC, Canadá - quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Entrevista com o Cônsul-Geral Dr. Fernando Demée de Brito

«LusoPresse, um motivo de orgulho!»

Inês Faro

Entrevista conduzida por Inês Faro

O LusoPresse quis conhecer a opinião do Cônsul-Geral de Portugal em Montreal, Fernando Demée de Brito, sobre a Gala do Desporto e a vinda do Pauleta a Montreal organizada pelo nosso jornal e o que pensa sobre as atividades que o LusoPresse tem vindo a promover no quadro da celebração dos seus 15 anos.

LusoPresse (LP): Que balanço faz da Gala do LusoPresse e da vinda do Pauleta a Montreal?

lusopresse pauleta consul
Inês Faro, com a filha, Maria do Carmo, Pauleta e o Dr. Fernando de Brito, cônsul-geral de Portugal em Montreal
Foto: LusoPresse

Cônsul-Geral Fernando Demée de Brito (CFB): O balanço é positivo pois houve uma forte adesão da comunidade ao evento. Todavia, numa próxima ocasião seria conveniente evitar o atraso que se registou no início porque condiciona sempre o desenrolar futuro do programa, como veio a acontecer. A vinda do Pauleta foi muito bem vista pela comunidade, prova da sua popularidade mesmo depois de deixar de estar na seleção nacional e no futebol a nível competitivo. Por outro lado, a sua vinda permitiu descobrir o lado humano do Pauleta e não apenas o de jogador de futebol e também o seu empenho e dedicação em retribuir à comunidade o carinho e apoio que lhe foi dado ao longo da sua carreira profissional.

LP: O que representa para si a celebração dos 15 anos deste jornal comunitário?

CGFB: Representa 15 anos de trabalho árduo, de dedicação e de um trabalho de conjunto em prol da comunidade. Constitui um motivo de orgulho ter um jornal que se preocupa em dar a conhecer a nossa comunidade e se dedica em trazer ao foro público os anseios e as preocupações dos nossos compatriotas, bem como as suas alegrias.

LP: Como vê as atividades promovidas no quadro das comemorações como o Colóquio das Associações, realizado a 16 de outubro e agora a vinda do Pauleta, assim como as atividades previstas para discutir diferentes temas na comunidade como a educação, a terceira idade, a participação dos jovens, etc.

CGFB: Trata-se de um trabalho de paciência e a longo prazo e só posso congratular o LusoPresse e os seus trabalhadores por se terem empenhado neste género de eventos. A importância de um debate profundo sobre o que mais preocupa a comunidade tem de ser feito. A comunidade tem de enfrentar os seus problemas à luz do dia e deixar de «varrer tudo debaixo da cama». Há problemas sérios e o LusoPresse tomou a iniciativa de os trazer a lume e, por isso, está de parabéns. A comunidade é mais do que jantares de sexta-feira, cerimónias religiosas e festejos populares. Fazem parte da nossa tradição mas há coisas mais importantes e isso importa enfrentar. E o LusoPresse empenhou-se a seguir esse caminho e ainda bem!

LP: Que mensagem gostaria de deixar à equipa do LusoPresse?

CGFB: Continuem com o bom trabalho que estão a desenvolver. Mantenham vivo o espírito de equipa. Continuem a trazer a lume os temas (mesmo os mais controversos) que mais preocupam a comunidade. O vosso papel é informar, informar sobre a comunidade e sobre o que se passa com ela, esse deve ser o objetivo principal. Esse é o rumo e o LusoPresse está no bom caminho. Para se manterem competitivos num mundo de acesso fácil aos Média, o que interessa é informar sobre o que mais ninguém informa e aquilo que interessa ao leitor é saber sobre a sua comunidade e sobre o que há de eventos e serviços, etc. porque o que se passa no resto do mundo isso ele já soube por outras fontes.

O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2021