logo
rss  Vol. XIV - Nº 250         Montreal, QC, Canadá - quinta-feira, 09 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Brasil e Canadá

Mais trocas bilaterais para fazer frente à crise

 

canada brasil
Dilma Roussef, primeira mulher presidente do Brasil, em companhia do primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper

Rio de Janeiro - Brasil e Canadá anunciaram a criação de um mecanismo informal de troca de informações entre executivos que recebeu o nome de «Fórum de CEOs», com vista a estabelecer novas parcerias e investimentos recíprocos.

«A minha expectativa é de que o investimento estrangeiro direto canadiano no Brasil possa em breve equiparar-se ao brasileiro no Canadá», afirmou a presidente Dilma Rousseff em declarações ao lado do primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper.

Segundo dados do Ministério das Relações Exteriores, o Canadá é o principal destino de investimentos brasileiros no exterior, com valores acumulados superiores a 21 mil milhões de dólares. O investimento estrangeiro direto canadiano no Brasil é de 9,7 mil milhões de dólares.

«A magnitude dessas cifras mostra as possibilidades de crescimento conjunto dos nossos países», acrescentou Dilma, após anunciar o executivo Murilo Ferreira, presidente da companhia de mineração Vale, como copresidente da sessão brasileira no fórum oficializado na ocasião.

«Além de toda a cooperação que devemos dar mais uma vez a todas as políticas de contenção da crise, acredito que o Brasil e o Canadá têm nas iniciativas concretas de cooperação um dos caminhos mais produtivos para que ambos participem, efetivamente, num processo de retoma do crescimento», defendeu Dilma.

Harper, por sua vez, destacou as oportunidades abertas em função das obras que o Brasil fará para receber o Mundial de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 e realçou a possibilidade de expansão desse fluxo comercial.

De acordo com a presidente brasileira, no encontro também foi instituído um diálogo sobre energia, «para explorar a convergência de visões e o desenvolvimento de projetos comuns em fontes renováveis e não renováveis».

Segundo fontes oficiais do governo, em 2010, o fluxo de comércio bilateral entre Brasil e Canadá superou os 5 mil milhões de dólares. O valor significou um aumento de 50 por cento em relação ao registado no ano anterior.

O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020