logo
rss  Vol. XV - Nº 248         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 03 de Junho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Notícias de Lagoa

Festas de Santo António em grande

 

lagoa santo_antonio_(01)
Festas de Santo António

A Freguesia de Santa Cruz cumpriu novamente a tradição com a realização da 20.ª edição das Comemorações de Santo António.

Contando com o apoio da Câmara Municipal, esta tem sido uma festa que assumiu já um lugar de destaque na cultura popular lagoense.

Isto mesmo reconheceu João Ponte, presidente da autarquia, durante as tradicionais Marchas de Santo António que há 20 anos tornam a freguesia de Santa Cruz, e o concelho de Lagoa, um lugar reconhecido por estas festividades.

Aliás, para o autarca lagoense este tem sido um evento que tem crescido de forma sustentável ano após ano, sempre com uma grande envolvência de toda a comunidade.

lagoa santo_antonio_(02)

Para João Ponte o apoio autárquico a estas festas tem sido fruto da aposta da autarquia na Cultura e passa por preservar as tradições e costumes que dão identidade ao próprio concelho de Lagoa, projetando a sua imagem, pelo que a congregação de esforços por parte das forças vivas do concelho tem sido uma das principais causas para o grande sucesso que estas festas detêm no panorama de São Miguel.

Acompanhadas pelas Filarmónicas Lira do Rosário, Fraternidade Rural, e Estrela D'Alva, as marchas do Centro Sócio Cultural de São Pedro; EB/JI de Lagoa; EB/JI Tavares Canário; EB/JI D.Manuel Medeiros Guerreiro; EB 2,3 Padre João José do Amaral; e do Clube de Patinagem de Santa Cruz desfilaram pelas ruas de Santa Cruz, acompanhadas pelo Agrupamento de Escuteiros de Santa Cruz, da Maia e de São Pedro, atuando posteriormente no Polidesportivo desta freguesia, sob o olhar de milhares de espectadores.

 

lagoa santo_antonio_(03)

À noite houve lugar ao desfile pelas ruas e atuação das Marchas de Santo António, com a participação da Associação do Império do Cabo da Vila, do Grupo de Jovens Som do Vento e da Santa Casa da Misericórdia de Santo António.

As Comemorações de Santo António 2011 encerraram à meia-noite, como vem sendo tradição, com a habitual Fogueira de Santo António.

Pescadores cumpriram tradição em honra de São Pedro Gonçalves

Os pescadores lagoenses cumpriram mais uma vez a tradição, realizando as Festas em honra de São Pedro Gonçalves.

Tendo como cenário o Porto dos Carneiros, esta foi uma festa que resultou de uma organização dos Pescadores da Lagoa, contando com o apoio da Câmara Municipal, e que pretendeu honrar o padroeiro dos «homens do mar».

Decorrendo ao longo de três dias com muita animação no Porto dos Carneiros, foi no domingo que as Festas de São Pedro Gonçalves tiveram o seu ponto alto com a Missa em honra de São Pedro Gonçalves, celebrada na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a que se seguiu a procissão até ao Porto dos Carneiros, local de onde saíram os barcos dos pescadores com a imagem de São Pedro Gonçalves para o mar, como já vem sendo tradição, um momento em que a população presente teve oportunidade de participar. Após este cortejo marítimo, seguiu-se um convívio entre os pescadores e a população, com um churrasco neste porto de pescas e que juntou algumas centenas de pessoas.

 

lagoa santo_antonio_(04)

Esta é uma festa que se assume como tendo uma forte componente religiosa e desde que foi recuperada em 2007 pelos Pescadores da Lagoa, depois de um longo interregno, as Festas de São Pedro Gonçalves têm assumido uma crescente importância tanto no seio da comunidade piscatória, como junto da população em geral, conseguindo mobilizar muitos visitantes para o Porto dos Carneiros, um dos locais com maior importância económica do concelho de Lagoa.

As festas em honra de São Pedro Gonçalves são uma oportunidade ímpar para testemunhar uma tradição já com algumas décadas, mas que tinha caído no esquecimento depois de muitos anos sem se realizar. Atenta à importância cultural e social destas festas, a autarquia lagoense tem apoiado as mesmas, reconhecendo a importância desta tradição no que respeita à própria cultura do concelho.

Centro Cultural da Caloura acolheu exposição de Charles Zuill

 

lagoa exposicao charles_zuill_01

O Centro Cultural da Caloura tem patente a exposição de pintura «Recent Paintings» do artista Charles Zuill. Composta por 33 telas e contando com o apoio da Câmara Municipal de Lagoa, a inauguração da exposição «Recent Paintings» marcou o culminar de um convite endereçado a Charles Zuill, no verão passado, para expor neste centro cultural, aquando da sua segunda deslocação à Ilha de São Miguel.

Aliás, Charles Zuill já havia estado nos Açores em 1997, a fim de tomar conhecimento da arte portuguesa e açoriana, e do qual resultou, posteriormente, em 1999, uma exposição de arte lusa e açoriana nas Bermudas, intitulada «Uma janela para os Açores», cujo título foi inspirado numa escultura do artista Ricardo Lalanda e que pretendeu assinalar os 150 anos da emigração portuguesa nas Bermudas. Esta foi uma exposição com grande sucesso além-fronteiras e que deu grande visibilidade e projeção não só aos artistas regionais, como ao próprio arquipélago dos Açores.

 

lagoa exposicao charles_zuill_02

Charles Zuill nasceu nas Bermudas em 1935. É casado e pai de dois filhos. Licenciado em Belas Artes pelo Atlantic Union College; Pós-Graduado em Pintura e Gravura, pelo Instituto de Tecnologia de Rochester; e doutorado em Estudos Críticos pela Universidade de Nova Iorque.

Esteve envolvido na fundação do Centro de Arte das Bermudas, em Dockyard, sendo igualmente um dos fundadores da Galeria Nacional das Bermudas.

Presidiu ao Conselho de Arte das Bermudas durante alguns anos e, atualmente, escreve, como crítico de arte, no único diário das Bermudas, o Royal Gazette. É membro de diversas organizações artísticas, nas Bermudas, e de museus como o Museu Metropolitano de Arte e o Museu de Arte Moderna, ambos de Nova Iorque. Foi membro de organizações profissionais como o College Art Association, a National Art Education Association e a Associação dos Críticos de Arte.

Atualmente, Charles Zuill vive em St. George's, Bermudas, onde possui um estúdio. Embora reformado, continua a produzir, a expor, a lecionar no Colégio das Bermudas e a escrever para diversas publicações. É membro das Comissões responsáveis pelas coleções e exposições da Galeria Nacional das Bermudas.

O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020