logo
rss  Vol. XV - Nº 247         Montreal, QC, Canadá - sábado, 26 de Setembro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Notícias de Lagoa

Hasteada a Bandeira azul

 

lagoa bandeira piscina

O Complexo Municipal de Piscinas da Lagoa foi a primeira zona balnear do país a ter a Bandeira Azul hasteada, a que se seguiu a Zona Balnear da Caloura.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa o facto destas duas zonas balneares terem a Bandeira Azul tem contribuído para a promoção do próprio Concelho a nível turístico, mostrando a qualidade e a excelência que as mesmas têm colocado ao serviço dos banhistas e que a autarquia lagoense tem procurado melhorar cada vez mais.

Prova disso é o facto do Complexo Municipal de Piscinas da Lagoa ostentar, pela primeira vez, a bandeira do projeto «Praia Acessível, Praia para Todos», um projeto que tem como principais objetivos tornar acessíveis as zonas balneares a pessoas com mobilidade reduzida, sensibilizando o público para este problema, e dando a conhecer às pessoas portadoras de deficiência quais as zonas balneares com acessibilidade, promovendo-as como destinos de férias.

Para além disso, a zona do Porto da Caloura já havia sido galardoada no passado mês de Março com a bandeira «QualityCoast», atribuída pela «EUCC - The Coastal & Marine Union», com a avaliação de um Júri Internacional, cujo objetivo é o de promover o desenvolvimento sustentável em destinos costeiros, através de uma estratégia de informação dirigida aos visitantes, sendo este um programa que integra as mais-valias naturais, culturais e sociais promovendo, simultaneamente, a manutenção de padrões elevados na qualidade do seu turismo.

A Câmara Municipal de Lagoa e a Empresa Municipal de Lagoa, responsável pela gestão das zonas balneares do Concelho, têm procurado garantir sempre as melhores condições a todos quantos procuram as zonas balneares lagoenses, apostando na segurança das mesmas e na realização de múltiplas atividades de educação ambiental e que têm vindo ao encontro da exigência do próprio Programa da Bandeira Azul.

Aliás, João Ponte destacou o facto do Complexo Municipal de Piscinas ostentar ininterruptamente nos últimos 15 anos a Bandeira Azul, tendo merecido um Certificado Internacional no âmbito deste galardão, atribuído pela Coordenação Internacional do Programa Bandeira Azul e que vem mostrar os altos parâmetros de qualidade que têm sido cumpridos na última década e meia.

Convento dos Frades devolvido à comunidade

 

lagoa convento joao ponte

A 1.ª fase das obras de requalificação do Convento dos Frades foi inaugurada no passado dia 3 de Junho. Perante mais de um milhar de pessoas, e contando com a presença do Presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, este foi o início de uma nova etapa para este imóvel que se assumirá como um espaço de convergência com a história, com a cultura, com a educação e com o Poder Local.

Isto mesmo foi defendido por João Ponte, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, para quem a requalificação de que o Convento dos Frades foi alvo representa o cumprimento de um compromisso em devolvê-lo à comunidade de Santa Cruz e ao Concelho, um compromisso assumido há um ano e cujo resultado é visível após um investimento total de cerca de 260 mil euros, representando 8 meses de obras, e 18 105 horas de trabalho efetivo por parte de funcionários municipais, na sua maioria trabalhadores colocados na autarquia através dos programas PROSA e CTTS.

Segundo o autarca lagoense trata-se de um imóvel que é um património de referência da freguesia e do concelho, e uma marca da identidade cultural e histórica de Santa Cruz que merece a admiração de todos.

Para João Ponte todo o trabalho de recuperação foi realizado com qualidade e utilidade, por uma equipa de colaboradores compreensíveis, dedicados e competentes,  sendo que o resultado final responde, por si só, às acusações de atentado ao património que foram feitas a esta intervenção.

«Aqueles que nos acusaram de cometer atentados ao património têm hoje a resposta. Quem viu o estado deste imóvel antes e vê hoje com olhos de ver, com justiça e seriedade, terá que elogiar e reconhecer o trabalho de recuperação efetuado. O que ficará para a história será o que os Lagoenses valorizam; a qualidade e a utilidade da obra que deixamos para os nossos filhos e netos. A crítica infundada, o tempo se encarregará de apagar», referiu.

Para além das obras no interior do Convento, e que contemplaram, essencialmente, a recuperação de portas, janelas, recuperação do piso do rés-do-chão, claustro, remodelação das instalações sanitárias e das instalações elétricas, a intervenção compreendeu ainda a renovação do piso do Adro, a criação de um parque de estacionamento com 70 lugares e a disponibilização de uma pista para atividades de lazer para os mais jovens.

Durante a cerimónia, João Ponte realçou ainda o contributo dado pelo professor Tomáz Borba Vieira com a doação de três mil livros da sua coleção privada e que virá enriquecer o espólio bibliográfico da Biblioteca e Arquivo Municipal de Lagoa que será instalada no Convento dos Frades já a partir do próximo mês de Setembro. Aliás, o autarca lagoense não deixou de aludir a este facto, realçando que a instalação da Biblioteca e Arquivo Municipal de Lagoa virá dar outra dinâmica ao Convento, ficando a mesma instalada num espaço total 400 m2, e que oferecerá melhores condições aos leitores que terão à sua disposição, não só o vasto espólio bibliográfico lagoense, como também o espaço único do claustro que será servido por uma rede wi-fi gratuita.

Nova toponímia homenageia Padre José Francisco Borges Pires

 

lagoa toponimia padre

A Freguesia de Santa Cruz tem já uma nova toponímia. Trata-se da Rua Padre José Francisco Borges Pires, que veio substituir a Travessa da Praça, e cuja cerimónia de descerrar da respetiva placa toponímica decorreu naquele local da freguesia de Santa Cruz e pretendeu homenagear um filho da terra que pela sua dedicação, dinâmica e trabalho, muito contribuiu para a fomentação de valores éticos junto da comunidade sendo muitos os que o recordam com carinho.

Isto mesmo defendeu João Ponte, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa para quem esta nova toponímia representa um duplo reconhecimento, não só para com o Padre José Pires e de toda a sua dedicação em prol da comunidade de Santa Cruz, como também para com a comunidade emigrante que se encontra espalhada pelo mundo ao ter sido feita um dia em que se assinala o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades.

«Fazemo-lo neste dia pois como todos sabem o Padre José Pires passou muito tempo nas comunidades e ao atribuirmos hoje o nome dele a esta rua estamos, igualmente a prestar uma homenagem às nossas comunidades de emigrantes que estão espalhadas pelo mundo», destacou.

O Presidente da Câmara Municipal de Lagoa não deixou ainda de aludir à presença de todos quantos compareceram nesta cerimónia, considerando que tal atesta bem a importância e o respeito que este antigo pároco de Santa Cruz soube granjear junto da comunidade, pelo que com a nova toponímia vem reconhecer este facto.

O Padre José Francisco Borges Pires nasceu a 12 de Janeiro de 1937, em Santa Cruz, tendo frequentado o ensino primário na Escola da Praça Velha, nesta mesma freguesia. Ordenado sacerdote a 28 de Abril de 1963 na Sé Catedral de Angra do Heroísmo, este pároco esteve em Nampula, em Moçambique; Toronto; Terra Chã, na Terceira; e Santa Cruz, na Lagoa, regressando posteriormente a Toronto, cidade onde reside desde a sua aposentação.

De realçar que enquanto foi pároco da freguesia de Santa Cruz, entre 1991 e 1994, o Padre José Francisco Borges Pires foi responsável pela lecionação da disciplina de Religião e Moral na Escola EB 2,3 Padre João José do Amaral, e um dos sócios fundadores do Clube de Patinagem de Santa Cruz, facto pelo qual foi homenageado recentemente por este clube.

Após a cerimónia do descerrar desta nova toponímia, houve lugar um almoço oferecido pela Santa Casa da Misericórdia de Santo António da Lagoa, integrado nas Festas do Divino Espírito Santo, e que vem sendo organizado anualmente por esta instituição na Praça da República Portuguesa, na freguesia de Santa Cruz, e que juntou algumas centenas de pessoas naquele espaço.

Serviços da Presidência mudados para o Convento dos Frades

O gabinete da Presidência e o respetivo gabinete de apoio vão ser instalados definitivamente no 1.º piso do Convento dos Frades, já a partir do próximo mês de Outubro.

O anúncio foi feito hoje pelo Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, João Ponte, durante a sessão oficial de abertura das Comemorações de Santo António 2011, que decorreu na Igreja de Santo António no Convento dos Frades.

Conforme explicou João Ponte, esta será uma transferência que pretende tornar este convento num espaço com vida, e que após quase 400 anos de vida, vai iniciar uma nova etapa assumindo-se como um espaço de convergência com a história, com a cultura, com a educação e com o Poder Local.

O autarca lagoense referiu que com a conclusão da segunda fase das obras do Convento dos Frades, este imóvel será dotado de uma sala polivalente com uma área de 230 m2 e que permitirá a promoção de eventos, nunca antes realizados no concelho por falta de um espaço condigno, colmatando, assim, uma necessidade existente a este nível.

Reportando-se às Festas de Santo António, João Ponte considerou ser este um ano especial, não só por se assinalar a 20.ª edição destas festividades, como pelo facto das mesmas terem sido marcadas este ano pela reabertura de uma parte significativa do Convento de Santo António, que devolveu à freguesia e ao concelho um renovado e funcional património de referência, e uma marca da identidade cultural e histórica, que merece a admiração de todos.

O autarca lagoense frisou ainda que as Festas de Santo António se transformaram numa parte fundamental do espólio cultural local, bem como num evento de divulgação da freguesia de Santa Cruz e do Concelho de Lagoa.

«Estas são, sem dúvida, as maiores festas populares e tradicionais da Lagoa e têm sido motivo de atração de muitas pessoas», referiu, acrescentando que mais importante do que projetar a imagem da freguesia e do concelho, é o facto de estas festas serem um momento de união de esforços entre a comunidade de Santa Cruz e as forças vivas do concelho.

Por isso, a Câmara Municipal de Lagoa tem apoiado incondicionalmente estas festas, materializado através de um apoio financeiro cerca de 10 vezes superior ao apoio atribuído antes do atual autarca lagoense assumir a presidência do município, um apoio que tem sido mantido ao longo dos últimos 6 anos.

A concluir, João Ponte saudou todas as entidades e pessoas que ao longo dos últimos 20 anos participaram na concretização deste momento festivo para a Lagoa, espelhando o espírito empreendedor e dinâmico do concelho que se distingue pela sua modernidade e inovação, mas sem nunca abdicar dos seus traços culturais bastante específicos.

O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020