logo
rss  Vol. XV - Nº 243         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 22 de Janeiro de 2021
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Em apoio a Santa Cruz

Bellagio enche-se como um ovo.

Norberto Aguiar

Por Norberto Aguiar

 

apoios santa cruz  proprietarios
Os proprietários do Bellagio e promotores desta iniciativa: Agostinho Oliveira, Hernâni Vidal e Elísio Magalhães
Foto: LusoPresse

Cento e trinta pessoas, a capacidade total do restaurante, estiveram domingo ao almoço no vistoso Bellagio, para corresponderem ao apelo lançado por Hernâni Vidal, Elísio Magalhães e Agostinho Oliveira, seus proprietários, para que a comunidade viesse ajudar na recolha de fundos para a Igreja Santa Cruz. As principais razões ficam aqui na voz do Hernâni Vidal: «Sou frequentador da Igreja Santa Cruz e apercebi-me que os livros litúrgicos estavam velhos. Pensei que devia fazer qualquer coisa. Falei com os meus sócios e concordámos em organizar um almoço de angariação de fundos para o assunto em questão. E, pelo que você vê, não estou arrependido de ter promovido tal iniciativa».

Tem razão o aguedense (Vidal é natural de Águeda), pois a comunidade aderiu em massa. Encheu o restaurante e se mais lugar houvesse mais gente teria pisado as instalações do Bellagio, uma unidade hoteleira situada no centro financeiro da cidade (505, boulevard de Maisonneuve ouest), mas que uma boa parte dos portugueses não conhece. Uma das razões para que isso aconteça, começa pelo nome Bellagio, nitidamente identificado com a comunidade italiana. Afinal, nada disso se passa, a não ser por que os três jovens proprietários, amigos desde há muito, trabalharam juntos num restaurante de origem italiana (Sergio's, na René Lévesque) antes de fundarem o Bellagio em Maio de 1999. Acharam que Bellagio era fácil de pronunciar e com tal nome, situado na Baixa de Montreal, seria um bom chamariz para uma clientela alargada, o que era (é) fundamental para este tipo de negócio.

 

apoio santa cruz publico

Com um programa atractivo, que contava com as presenças dos fadistas Jordelina Benfeito e Luís Duarte, que depois viriam a ter por companheiras Rosi Santos e Fernanda Carreira, os donos do Bellagio esmeraram-se na feitura do repasto, coisa que todos apreciaram. Um prato de salmão bem à maneira, ou então uma costela de vitela de primeira qualidade, sem esquecer - aqui, o nosso preferido! - o prato de camarão com polvo à moda de São Miguel - outro à parte para dizer que o chefe do Bellagio, José Amaral, também é corisco como nós - que fez as delícias de todos.

Mas houve mais. Houve o sempiterno caldo verde, os pipis - de chupar os dedos, caros leitores! -, as asas de galinha, o bom chouriço português, e muito mais... Tudo isto, dependendo do gosto pessoal de cada um, regado com um vinho da Sicília, apelidado de Nero d'Avola. Mas também havia, para quem pedisse, por exemplo, um Pedras do Monte. Cá por nós, se nos permitem dizer, ficámo-nos pela água mineral.

apoio santa cruz celia leiriao nicole joseph
Célia Leirião cavaqueia comNicole Joseph e outra amiga

Terminado o repasto, foi tempo de fado. Jordelina Benfeito, acompanhada à viola por Luís Duarte e à guitarra por António Moniz, esteve à altura do seu prestígio. Dominou a cena como quis, com a sua voz segura e melodiosa, merecendo por isso fartos aplausos. «Valeu a pena», lá isso valeu, como já vimos, foi um dos seus fados mais apreciados, sem desmerecimento para com «Fado serrano», «Ser avó»... Mais uma vez vimos o quanto o público ama esta fadista que, como contou no Dia da Mulher do LusoPresse, veio do nada.

Impulsionado pela presença do muito público, quem também actuou a grande altura foi Luís Duarte. É dos grandes palcos que ele gosta. De resto, Luís Duarte, não comparando, é como aquele jogador de futebol que para render ao máximo precisa de ver o estádio cheio. A sua actuação no Bellagio, sem exageros, esteve à altura dos seus melhores dias. De tal forma que alguns dos presentes até protestaram quando o Luís Duarte deu por finda a sua intervenção.

Também presentes, e por isso convidadas a dar um ar da sua graça, cantaram ainda Rosi Santos e Fernanda Carreira. O público apreciou o estilo de cada uma das duas fadistas.

apoio santa cruz jodelina
Jordelina Benfeito
Foto: LusoPresse

De entremeio, houve lugar para a venda de rifas, com muitos prémios, tudo oferta de muitas casas comerciais, como nos disse de novo Hernâni Vidal. O padre José Maria Cardoso, homenageado na ocasião pelos seus 23 anos de sacerdócio, animou o divertido momento. Ele que também foi encarregado de partir o bolo da sobremesa - já tinha havido muita fruta, de todas as qualidades -, uma igreja construída por uma amiga de Célia Leirião (esposa do Hernâni), de nome Nicole Joseph.

A terminar e sem que tenha havido intervenção dos três jovens proprietários, foi ainda o padre José Maria quem assumiu o microfone para agradecer o gesto ali levado a efeito e que teve por destino a Igreja Santa Cruz. «A resposta foi generosa e numerosa...», diria nomeadamente o apreciado pároco.

Quem são os obreiros do Bellagio?

Hernâni Vidal, natural de Águeda, no Canadá desde 1980, é casado com Célia Leirião e pai de 2 filhos.

 

apoio santa cruz luis duarte
António Moniz e Luís Duarte

Elísio Magalhães, natural de Baraçal, região da Guarda, chegou ao Canadá em 1991. É casado com Tina di Paula (nascida em Montreal e de origem italiana) e tem 2 filhos.

Agostinho Oliveira, oriundo de Póvoa de Lanhoso (Braga), é casado com Margareth Pereira (já nascida em Montreal), pai de 2 filhas e no Canadá desde 1988.

O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2021