logo
rss  Vol. XV - Nº 241         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 25 de Novembro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima

Notícias de Lagoa

Câmara promove reflorestação no concelho

 

lagoa reflorestacao_no_concelho

No âmbito do Ano Internacional das Florestas, que se assinala este ano, a Câmara Municipal de Lagoa acaba de proceder à plantação de meio milhar de criptomérias, junto aos três furos de captação de água do Concelho.

Esta é uma ação que se reveste de grande importância, nomeadamente ao nível da reflorestação da vegetação destas áreas, contribuindo para a fixação dos solos e sua proteção contra a erosão. Para além disso, a plantação destas 500 criptomérias surge ainda na sequência da política camarária no respeitante à melhoria ambiental do próprio Concelho.

Aliás, o executivo municipal liderado por João Ponte tem procurado promover e desenvolver a área ambiental na Lagoa, não só com ações no terreno, como também através de ações de informação e sensibilização junto da sua população, especialmente a mais jovem.

Prova disso tem sido a política ambiental desenvolvida pela autarquia lagoense nos últimos anos e que para além das ações de sensibilização e de limpeza realizadas, tem sido expressa no crescimento da rede de recolha seletiva de resíduos e de monstros.

No respeitante à educação ambiental, e com a inauguração, em 2009, do CEFAL (Centro de Educação e Formação Ambiental de Lagoa), a autarquia criou um espaço onde é possível o desenvolvimento de atividades relacionadas com o ambiente, e que pretende despertar a comunidade local para uma maior educação e responsabilização nesta matéria.

Todas as ações ambientais desenvolvidas na Lagoa têm tido como objetivo contribuir para a consolidação de um concelho cada vez mais saudável com uma maior qualidade de vida, através da qual se perspetiva a preservação da natureza como fundamental para um mundo mais ecológico e saudável.

Cantorias ao desafio levaram centenas de pessoas aos Remédios

lagoa cantorias maire joao ponte

O Lugar dos Remédios cumpriu novamente a tradição de cantar ao desafio, com a realização de mais um Festival de Cantorias aos Desafio, um evento que trouxe centenas de pessoas a este lugar.

Tratou-se da 6.ª edição de um certame que se tem assumido como um cartaz cultural do próprio Concelho de Lagoa, como defendeu na ocasião o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, João Ponte.

Para o autarca lagoense, o êxito deste festival não tem dependido exclusivamente do apoio camarário, mas sim do envolvimento das pessoas do Lugar dos Remédios, cujo empenho e dedicação têm sido a chave para este sucesso.

"Os Remédios estão de parabéns, pois são uma localidade pequena, mas que faz um festival de grande categoria e com uma grande envolvente humana. Quando assim é, dá gosto apoiar", realçou.

Segundo realçou o edil lagoense, desde a primeira edição do Festival de Cantorias ao Desafio que a Câmara Municipal de Lagoa "abraçou este projeto, um projeto que consideramos diferente pela sua natureza e característica e pela forma como o mesmo preserva uma tradição que já teve muitos e bons cantadores ao desafio aqui na Lagoa".

A concluir, João Ponte voltou a frisar a importância deste festival, um evento que consegue aliar na perfeição as cantorias ao desafio à excelência da gastronomia e doçaria regional disponibilizada, sendo um importante veículo de promoção da própria cultura lagoense.

De realçar que as três noites dedicadas ao VI Festival de Cantorias contaram com as presenças dos cantadores António Isidro da ilha de São Jorge, José Eliseu e Maria Clara da ilha Terceira, para além dos micaelenses João Luís Mariano, Lupércio Albergaria e Tiago Clara, marcando igualmente presença os tocadores Fernando Silva e Filho, bem como Renato e Toy Silva. Este foi um festival que teve o apoio da Câmara Municipal de Lagoa e da Junta de Freguesia de Santa Cruz. 

Lagoa viveu intensamente o Carnaval

 

lagoa corso_carnaval 2

O Concelho de Lagoa voltou a viver intensamente a quadra carnavalesca com a realização de diversos Corsos de Carnaval um pouco por todo o concelho e que levaram alegria e boa disposição às ruas lagoenses.

Foi no domingo gordo que o Corso de Carnaval da Freguesia de Nossa Senhora do Rosário saiu à rua, levando inúmeros grupos, apeados ou em carros alegóricos a percorrerem algumas das principais artérias desta freguesia até à Praça de Nossa Senhora do Rosário, onde foram escolhidos os melhores grupos.

Em Água de Pau o Carnaval também foi vivido com muita intensidade e, à semelhança de outros anos, a junta de freguesia local organizou um desfile de carnaval na terça-feira de Carnaval que partiu em desfile rumo ao polivalente daquela Vila, local onde se premiou os melhores grupos.

Porém, a grande novidade para este ano foi a realização, pela primeira vez, de um Corso de Carnaval na Freguesia do Cabouco. Tratou-se do I Corso de Carnaval 2011 do Cabouco, organizado pela junta de freguesia local e que decorreu igualmente na tarde da Terça-Feira de Carnaval, contando com a presença de diversos grupos e associações locais que levaram a alegria carnavalesca às ruas do Cabouco.

De realçar que todas estas atividades carnavalescas mostraram a grande pujança existente a nível associativo no Concelho de Lagoa, sendo que a cada ano que passa é visível o aumento do número de participantes nos Corsos de Carnaval que se vão organizando um pouco por toda a Lagoa.

Posto de Turismo alarga prestação de serviços à população

O Posto de Turismo da Lagoa acaba de alargar o seu leque de serviços prestados à população. Numa parceria 

lagoa posto_de_turismo

entre a Eletricidade dos Açores, SA (EDA) e a EML - Empresa municipal de urbanização, requalificação urbana e ambiental, e habitação social de Lagoa, E.M., o Posto de Turismo da Lagoa passa agora a disponibilizar também todos os serviços equiparados a uma loja própria da EDA, nomeadamente no que concerne ao pagamento da fatura de eletricidade.

Trata-se de mais um serviço de utilidade pública que o Posto de Turismo da Lagoa vem prestar, juntando-se, assim, à vertente de posto de atendimento que o mesmo tem vindo a desempenhar.

Aliás, desde a sua abertura, em Junho de 2008, que o Posto de Turismo da Lagoa tem disponibilizado vários serviços destinados ao público, designadamente um posto de Internet, venda de artesanato típico da Lagoa e dos Açores e informação turística sobre este Concelho. Para além disso, a abertura deste Posto de Turismo veio permitir aos cidadãos lagoenses tratarem de diversos assuntos relacionados com a atividade camarária, nomeadamente o pagamento da sua fatura de água, aceder a serviços relacionados com taxas e licenças, serviços de urbanização e edificação, bem como os relacionados com o cartão do idoso, entre outros.

A possibilidade de se poder agora pagar a fatura de eletricidade neste Posto de Turismo, vem mostrar a importância que o mesmo já assumiu no quotidiano lagoense, permitindo que os munícipes acedam a uma diversidade de serviços sem terem de se deslocar a outros locais.

O tempo no resto do mundo

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020