logo
rss  Vol. XV - Nº 241         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 25 de Novembro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima

Na Ribeira Grande

Aberto Caminho dos Romeiros

 

Por Ana Paula Fonseca

 Ribeira Grande - A Ribeira Grande é o primeiro concelho de São Miguel a ter um Caminho dos Romeiros, destinado a habitantes e turistas que queiram optar por um turismo religioso e espiritual.

O Caminho dos Romeiros na Ribeira Grande foi esta manhã apresentado no salão nobre dos Paços do Concelho, e surge das conclusões de um estudo solicitado pelo Observatório Regional do Turismo ao Centro de Estudos de Turismo (CESTUR), sobre o "Turismo Religioso nos Açores: caso de São Miguel". A apresentação do estudo esteve a cargo de Vítor Ambrósio, do Centro de Estudos de Turismo (CESTUR), da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril.

Na conferência estiveram presentes os Director Regional do Turismo, presidente da Direcção do Observatório do Turismo dos Açores e o presidente do Grupo Coordenador do Movimento dos Romeiros de São Miguel.

A realização do Caminho dos Romeiros, em que o município da Ribeira Grande foi o primeiro a aderir, surgiu das conclusões de um estudo solicitado pelo ORT ao CESTUR, sobre o "Turismo Religioso nos Açores: caso de São Miguel".

No concelho da Ribeira Grande, o caminho que os romeiros percorrem durante a Quaresma e agora aberto aos habitantes e turistas, tem uma extensão de cerca de 40 quilómetros, sendo o seu percurso e de forma a cumprir a tradição dos ranchos, feito no sentido dos ponteiros do relógio, com o mar sempre pela esquerda.

Os caminhos sejam urbanos, semi-urbanos, rurais e de natureza, são identificados com placas, com a indicação das coordenadas do local e o sentido da caminhada. Cada placa tem o brasão do concelho que se está a atravessar. O logótipo do Caminho dos Romeiros apresenta dois bordões de romeiros, que representam, ao mesmo tempo, duas figuras humanas. As cruzes que os encimam fazem a ligação com o divino; o rosário/terço apela à união dos romeiros.

A nível de ilha, o Caminho dos Romeiros traduz-se num trilho pedestre de 250 quilómetros de extensão, com uma faixa pedonal de 1,5 metros e que permite tornar acessível aos turistas o percurso das romarias (à excepção do período da Quaresma, enquanto decorrem as romarias).

Para o Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, a criação do Caminho dos Romeiros e para o qual espera a adesão dos outros municípios de São Miguel, vem "enriquecer a nossa oferta turística, principalmente, num sector pouco explorado - o turismo religioso".

Para além disso, e explícita o autarca, o traçado vem "constituir um instrumento de trabalho para o reordenamento do território, e em específico, na melhoria do percurso das romarias".

Esta melhoria passa, por um lado, pelo respeito e monitorização do traçado dos Romeiros, e por outro lado, de implementar soluções nos troços que ainda não se enquadram no espírito do Caminho. A prioridade vai para a realização de obras nos trajectos que garantam uma maior segurança das romarias.

O tempo no resto do mundo

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020