logo
rss  Vol. XV - Nº 238         Montreal, QC, Canadá - sábado, 04 de Abril de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowArquivos arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima

À conversa com o ministro Stockwell Day

Criação de emprego é a prioridade

Inês Faro

Entrevista de Inês faro

Por ocasião do sétimo relatório do "Plano de Ação Económica" iniciado em 2007, o LusoPresse falou com Stockwell Day, o ministro federal do Comércio Internacional*.

"O Canadá é do G-7, o país que mais crescerá em termos económicos em 2010 e 2011". Os prognósticos são de Maio de 2010 e foram feitos pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). A saúde económica do país tem sido a prioridade número 1 do governo e, apesar de ainda frágil, o Canadá recupera a vitalidade financeira que o distingue internacionalmente.

 

ministro stockwell day

"A aposta é diminuir a carga fiscal sobre as empresas porque disso depende a criação de empregos", diz Stockwell Day.Day dá como exemplo a diminuição da carga fiscal federal para as empresas que estava a 22%, quando o plano foi posto em marcha em Maio 2007, e que para o próximo ano estará a 15%.

"Quando as empresas são menos sobrecarregadas com taxas, investem mais nos seus trabalhadores. Uma das razões porque temos visto a criação de empregos a subir é porque temos tentado aliviar a carga fiscal e deste modo deixá-las fazer o que fazem melhor: criar oportunidades, criar empregos. Por isso é que vemos melhorias ao nível do emprego quando os indicadores económicos no plano internacional são de recessão", explica Day.

O ministro federal insiste na ideia de que a criação de empregos é uma das prioridades do governo conservador: "Pretendemos continuar a criar empregos. Em 2009 criámos 60.000". "Pretendemos ainda continuar a atrair investimentos tanto a nível regional como nacional", adianta o ministro federal.

Outros dos objetivos deste Plano é a redução de impostos para as famílias.

"Temos trabalhado continuamente para diminuir os encargos das famílias. É disso exemplo o "Child Fitness Tax Credit", iniciado em 2007. Temos ainda uma variedade de programas a que as famílias podem recorrer para pedir créditos para as atividades extracurriculares das suas crianças.", diz Stockwell Day.

Comunidades Imigrantes

Quando questionado sobre de que forma os novos imigrantes podem contribuir para a recuperação económica do Canadá, Stockwell Day refere que estas são imprescindíveis ao crescimento económico do país.

"No Quebeque temos vindo a realizar mesas-redondas com representantes de várias comunidades que têm manifestado o seu apreço pelos esforços que temos vindo a empreender, por exemplo, a assinatura de contratos com a Índia, China, ou mesmo o acordo Europeu de livre comércio, em que temos vindo a trabalhar", explica Day.

O ministro federal referiu a importância de aliar estes esforços às políticas de emigração que dizem respeito à aprendizagem da língua e aquisição de novas competências. "No seu todo estas políticas fortalecem pontes com os países de origem dos imigrantes", diz. Stockwell Day salientou ainda o incentivo aos intercâmbios académicos ou profissionais em companhias estrangeiras com representação no Canadá. "Estes intercâmbios representam oportunidades para fortalecer e fazer crescer a nossa economia", conclui Stockwell Day.

*Stockwell Day é ainda Vice-Presidente da União Democrática Internacional (IDU) desde 2005 e é uma das vozes líderes a advogar a reforma democrática no Canadá.

Saiba mais em:

www.actionplan.gc.ca
www.stockwellday.com

O tempo no resto do mundo

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020