logo
rss  Vol. XV - Nº 238         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowArquivos arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima

Guimarães, Capital Europeia da Cultura 2012:

Gabriela Canavilhas elogiou transversalidade da programação

 

guimaraes capital europeia da cultura 2012

Guimarães - A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, elogiou o carácter transversal da programação da Capital Europeia da Cultura, considerando que esta vai deixar um futuro à cidade de Guimarães.

Gabriela Canavilhas disse que a Fundação Cidade de Guimarães, responsável pelo desenho daquilo que será Guimarães 2012, foi capaz de "planificar em várias camadas, cobrindo áreas importantíssimas que extravasam o mero espetáculo ou o mero festival, que se esgota em si próprio".

Para a titular da Cultura, a programação da Capital Europeia da Cultura foi "sempre pensada para deixar lastra, cimento, para deixar futuro à cidade de Guimarães".

"Parece-me que é um desafio muito importante e, sobretudo, é uma forma de colocar Guimarães na Europa e de dizer à Europa que Guimarães existe e é importante no conjunto das cidades culturais europeias", considerou.

A ministra da Cultura, que se escusou a comentar a polémica sobre os elevados salários dos membros da Fundação, elogiou a interatividade da programação, que conjugou "as várias plataformas de reflexão intelectual" e soube integrar as comunidades.

Gabriela Canavilhas afirmou que "o tempo é de otimismo" e que, por isso, não está preocupada com uma eventual demora nas obras da Capital Europeia da Cultura.

"As obras que dependem ou estão a ser realizadas em parceria com o ministério da Cultura estão a decorrer e a planificação prevê que estejam prontas a tempo", afirmou no final da apresentação que decorreu no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.

Também a presidente da Fundação Cidade de Guimarães se mostrou despreocupada com a evolução da Guimarães 2012, rejeitando a ideia de que a escassez de nomes específicos na programação resulte de um atraso no decurso normal da Capital Europeia da Cultura.

"O que eu gostava que retivessem é que, mais do que explicar uma tabela de espetáculos, explicar o que estamos a pretender fazer, que resultado estamos a querer deixar", disse.

Cristina Azevedo recordou que já há uma dúzia de nomes fortes citados, revelando que os programadores preferem revelar em tempo oportuno a lista de espetáculos e eventos que constituirão a Guimarães 2012.

"Não queríamos desfocar-nos do nosso objetivo central", garantiu, avançando que já são conhecidos os novos artistas portugueses que estarão no alinhamento do programa da Capital Europeia da Cultura.

Guimarães 2012 arranca oficialmente a 21 de janeiro de 2012.

O tempo no resto do mundo

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020