logo
rss  Vol. XV - Nº 235         Montreal, QC, Canadá - sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowArquivos arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima

Cabo Verde:

Cesária Évora vai ser homenageada com prémio carreira

 

cesaria1

Cidade da Praia - A cantora cabo-verdiana Cesária Évora vai ser homenageada na Gala do Cabo Verde Music Awards (CVMA), cerimónia que se realizará a 12 de março de 2011, disse à Agência Lusa fonte da organização do certame.

Segundo Gilyto Semedo, diretor da GMS Entertainment, empresa que divulgou segunda-feira os nomeados para os prémios Music Awards, Cesária Évora, ou "Cize", 69 anos, não é candidata em nenhuma das 18 categorias, dado o seu percurso na História da Música de Cabo Verde.

"«Cize» é responsável pela internacionalização da música de Cabo Verde e abriu portas para que, hoje, vários artistas crioulos sejam escutados nos palcos de todo o mundo. O papel de Cesária Évora em prol da cultura nacional é indiscutível e a sua carreira de sucesso é um orgulho para toda a nação", explicou o também cantor.

"Por essa razão, a organização do CVMA entende que «Cize» não deverá submeter-se ao concurso nem às votações. Merece, isso sim, uma distinção muito especial na gala", acrescentou.

Para Gilyto Semedo, a homenagem será "uma forma de agradecimento" pela longa caminhada na música de Cabo Verde, pelo sucesso, pela carreira sólida que conseguiu construir e por ser um dos nomes que colocou o país no mapa do mundo musical.

Ainda conhecida como "A Diva dos Pés Descalços", por cantar sempre descalça, a cantora lançou segunda-feira um novo disco, "Cesária Évora &.", que conta apenas com duetos com artistas de 15 países de África, América e Europa, CD que se segue a "Nhô Sentimento", datado de 2009.

Nome incontornável da designada World Music, com milhares de discos vendidos, o novo álbum de "Cize" tem 19 temas, dois deles, como bónus, gravados ao vivo, reunindo várias músicas do mundo em duetos com cantores como Lura, Teófilo Chantre, Bonga, Marisa Monte e Caetano Veloso.

Os franceses Cali e Bernard Lavilliers, o senegalês Ismael Lo, o maliano Salif Keita, os cubanos Compay Segundo e Chucho Valdés, o italiano Adriano Celentano, o polaco Kayah, a mexicana Tania Libertad, o espanhol Pedro Guerra, o norte-americano Bonnie Raitt, o sérvio Goran Bregovic e a grega Eleftheria Arvanitaki participam também no disco.

Natural do Mindelo, onde nasceu a 27 de agosto de 1941, Cesária Évora é considerada a "embaixadora da morna", música que transmite a melancolia das ilhas cabo-verdianas, tendo já editado 24 discos, entre originais, ao vivo e em parceria com outros artistas de vários países.

O tempo no resto do mundo

Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020