Clicar na imagem para fechar
[X]
Vol. XIV - Nº 227 Montreal, QC, Canadá -
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowArquivos arrowContacto arrowÚltima hora arrow RSS Feed

"Por que foi que cegámos, Não sei, talvez um dia se chegue a conhecer a razão, Queres que te diga o que penso, Diz, Penso que não cegámos, penso que estamos cegos, Cegos que vêem, Cegos que, vendo, não vêem".

(Excerto de Ensaio sobre a cegueira de José Saramago)

Num dos piores dias da arbitragem na história dos campeonatos do mundo de futebol, depois de um golo legítimo da Inglaterra contra a Alemanha, não assinalado pelo bandeirinha uruguaio nem pelo árbitro da partida seu compatriota, foi a vez do juiz-de-linha e do árbitro italianos não verem o fora-de-jogo dum avançado no primeiro golo da Argentina contra o México. Ao contrário do jogo Alemanha contra a Inglaterra, a equipa de arbitragem teve a oportunidade de corrigir o erro, mas não o fez. Árbitro e auxiliar ainda cavaquearam um bocado, fazendo-nos pensar que se tinham dado conta do erro crasso, mas não: o tento argentino, irregularíssimo, foi confirmado.

Por Arlindo Vieira, Colaboração Especial

foto

Aos 63 minutos da 2.ª parte do jogo com a Espanha começou a desenhar-se a despedida do Mundial 2010; começou, a crescer, dentro de todos nós, um mar imenso de tristeza; um sofrimento de dor no peito lusitano; uma desilusão enorme pelo adeus à terra africana; um regresso sem glória deste Mundial que foi tanto ou mais de Tormentas que de Boa Esperança.

Por Vítor Carvalho

foto

Ribeira Grande - "A Ribeira Grande transformou-se com a criação da Casa da Cultura" ao impulsionar o surgimento de "muitos projectos culturais". A convicção é do Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, manifestada segunda-feira, na comemoração do 25º aniversário da Casa da Cultura, hoje Museu Municipal.

Por Ana Paula Fonseca

fotoStephen Harper, primeiro-ministro, anfitrião do novo primeiro-ministro da Grã-Bretanha.

Toronto, Ontário - O corte dos défices para metade até 2013 foi o grande compromisso assumido domingo pelas 20 nações mais ricas e emergentes do mundo (G20), no final da Cimeira de Toronto.

A cada país foi dado poder de fixar as políticas de equilíbrio das contas públicas, de acordo com a declaração final.

Por Elisa Fonseca, da Agência Lusa

foto

Em apenas uma semana comemora-se o feriado nacional do Quebeque (24 de Junho) e o dia do Canadá (1 de Julho). Até 1970, o que é hoje o dia do Canadá era conhecido como o Dominion Day (Dia do Domínio - Canadiano) e não era objeto de grandes comemorações, já que o dia principal era o Victoria Day. Anos mais tarde e como resposta ao nacionalismo quebequense através da reapropriação do dia de São João Baptista como dia nacional do Quebeque, o governo federal promoveu o dia 1 de Julho a feriado nacional do Canadá, decisão muito contestada na altura, sobretudo pelos independentistas...

Por Inês Faro

1970. Televisão Única. Toda a atenção nacional no preto e branco (e sobretudo cinzento) dos ecrãs. "Curto-Circuito" com Artur Agostinho. O "Zip-Zip" tinha desaparecido em grande fama. Com um. curto-circuito - explicara Raul Solnado na mini-entrevista que deu logo no primeiro programa dessa nova série da RTP de outrora.

Por Onésimo Teotónio Almeida

foto

As Festas de São Pedro versão 2010 tiveram uma participação considerada recorde e isto por duas ordens de razão: a boa temperatura e a presença do presidente da Câmara Municipal de Lagoa.

Mas também há quem diga que a presença do Conjunto Starlight ajudou a fazer a diferença, pois que ao contrário de outras festas do Espírito Santo, que trazem artistas de qualidade duvidosa, Ste-Thérèse investiu num bom grupo musical e isso reflectiu-se na presença de peregrinos de muitos pontos da Comunidade, de Laval a Anjou, de Montreal a Brossard, já para não falar na presença maciça de gente das cidades vizinhas de Ste-Thérèse.

Reportagem de Norberto Aguiar

foto

Era um sonho antigo. Filipe Batista conseguiu este ano realizá-lo. Cantar José Afonso por ocasião das comemorações do 25 de Abril e mais recentemente no dia 10 de Junho, foi aliar duas das suas paixões: a música e a poesia do cantor de "Grândola Vila Morena".

Nascido em 1943, chegou a Montreal em 66, integrando a dinâmica de transformação numa altura de grande agitação política e cultural na cidade. Em Portugal estudou filosofia e teologia na Ordem Dominicana em Fátima, na mesma altura em que no escuro da noite contestava o regime de Salazar ao passar a caneta as obras de Lenine e Marx. Safou-se das complicações com a polícia política (PIDE), mas o espírito revolucionário nunca desapareceu e canta-o hoje, através das palavras de Zeca Afonso. "Sempre me interessei pela obra dele. Quero cantar e exprimir essa realidade até que a minha voz me deixe".

Entrevista Conduzida por Inês Faro

foto

Na época passada levou o Impact Montreal ao primeiro lugar da USL (United Soccer Leagues), a segunda mais importante liga de futebol norte-americana. Entretanto, foi nomeado Embaixador da Boa Vontade da Unicef para a área do Desporto e é agora o rosto da campanha de "1 BUT: l'education pour tous". Marc dos Santos nasceu há 33 anos, em Brossard, é o treinador da equipa local, não esconde o sonho de treinar uma equipa portuguesa e a determinação e empenho deste luso-canadiano ainda vão dar muito que falar...

Entrevista Conduzida por Inês Faro

foto

O jogo entre os EUA e o Gana, dos oitavos-de-final do Mundial'2010, foi visto por 19,4 milhões de espectadores nos Estados Unidos, um recorde para a modalidade naquele país.

Os números da transmissão televisiva da eliminação dos EUA, contabilizados pela empresa especializada Nielsen, superam o anterior recorde, os mais de 18 milhões que viram a final do Mundial EUA'94, entre a Itália e o Brasil

foto

Ribeira Grande - O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, inaugurou segunda-feira, duas novas zonas de acesso gratuito à internet, na freguesia da Maia e Vila de Rabo de Peixe.

A autarquia alarga assim a rede sem fios a vários locais públicos do concelho, possibilitando a quem vive ou visita a zona poente e nascente do concelho, possa utilizando qualquer computador portátil que esteja preparado para comunicar numa rede sem fio do tipo Wi-Fi.

Por Ana Paula Fonseca

foto

LusoPresse - Portugal acaba de ser eliminado do Campeonato do Mundo de Futebol África do Sul 2010 e com ela veio uma avalanche de críticas, todas destrutivas

, contra a Selecção Nacional, com os alvos preferidos a serem Cristiano Ronaldo, o nosso melhor jogador, e o seleccionador professor Carlos Queiroz. Pura frustração, pincelada a preto e branco quando devia haver responsabilidade e comedimento nos comentários. São esses mesmos escribas que, há duas semanas elogiavam de forma categórica os mesmos protagonistas, como se pode ver na fotografia ao lado. Apetece-nos dizer: pura velhacaria!

foto

Zaragoza, Espanha - As visitas de excursão nunca são aquilo que desejamos, sobretudo quando se quer ir mais longe nas observações que pretendemos. Por isso, uma visita em autocarro é sempre limitada mas enriquecedora para quem não conduz automóvel, devido à altura do autocarro podem-se contemplar paisagens, analisando e fazendo comparações sócio-culturais, pondo a cartola cerebral a retratar e questionar comportamentos, meios ambientes, etc...

Por Fernando Pires

Não deixa de ser engraçado assistir ao que se passa.

Instalada a "Democracia" por alturas de 1976 - ou o que quisermos convir por tal - logo surgiram partidos políticos como cogumelos. Passados uns tempos a maioria desapareceu, restando cinco com assento parlamentar e uns apêndices que normalmente afloram aquando de eleições.

Por João José Brandão Ferreira

fotoPortugal eliminado - Carlos Queiroz,seleccionador nacional, implora aos céus o milagre da qualificação, que não chegou apesar de todos os esforços.

Os que sonhavam com Portugal campeão do Mundo estão, neste momento, frustrados! Aqueles que viram a participação portuguesa no Mundial África do Sul2010 com o sentido das responsabilidades e respeito pelos adversários, estarão decepcionados, mas conscientes que Portugal, se não foi mais longe, foi porque o adversário, neste caso a nossa grande rival Espanha, nos foi superior. De resto, o seu estatuto de actual campeã europeia e segunda do ranking mundial confirma isso mesmo. E se quisermos ir mais longe, só temos de rever o «dossiê» dos nossos confrontos com nuestros hermanos para chegarmos à conclusão que a derrota de terça-feira não tem nada de desprestigiante. Em 36 partidas a Espanha venceu 17, com Portugal a ganhar apenas 7, pois os restantes confrontos saldaram-se por empates. A agravar este palmarés, Portugal teve o azar de defrontar a Espanha no seu melhor momento de forma de quase toda a sua história, se fizermos abstracção do ano de 1964, altura em que ganhou o seu primeiro título europeu. Não é por acaso que os melhores analistas internacionais colocam a Espanha, desde o início, como uma das formações com mais hipóteses de ganhar o Campeonato, a par do Brasil e Argentina.

Por Norberto Aguiar

foto

Ribeira Grande - O Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Ricardo Silva, exortou ontem os ribeiragrandenses a "não perderem o sentido da racionalidade e de visão para o futuro, nem o sentimento de esperança e o sentido de competitividade".

Falando na sessão solene comemorativa dos 29 anos de elevação da Ribeira Grande a cidade, que decorreu no Teatro Ribeiragrandense, Ricardo Silva sustentou que apesar dos tempos difíceis, "não nos podemos abater pelo miserabilismo e derrotismos de variada espécie".

Com mudança de satélite na América do Norte e Central

A emissão da RTP Internacional e da RDP Internacional para a América do Norte e Central, em banda ku, já está disponível no satélite Galaxy 19.

Quem habitualmente recebe a RTPi ou a RDPi, na América do Norte e Central, através do satélite AMC4 em banda ku, deverá reorientar a sua antena parabólica e sintonizar o Galaxy 19 com os seguintes dados técnicos:

Com as minhas férias em terras lusitanas chegando ao fim, venho dar seguimento ao meu compromisso de compartilhar com os leitores do LusoPresse algumas de minhas impressões através desta crónica durante o Campeonato Mundial de Futebol de 2010. Devo confessar que desta vez foi-me particularmente difícil empreender esta escrita, não só devido à derrota da Selecção Portuguesa há menos de três horas frente à Selecção Espanhola, mas também - e talvez mesmo sobretudo - porque eu estava envolvido num cenário comigo mesmo dentro do qual eu escrevia uma crónica "da vitória". Mas não! Afinal, o Cristiano Ronaldo e o Eduardo não podiam, sozinhos, levar a equipa portuguesa a dar um passo tão grande e ganhar o bilhete para os quartos-de-final, rumo à consagração como campeão mundial (in)contestável. Não vou aqui fazer uma análise detalhada deste jogo, já que não tenho nem qualificações nem pretensões para isso. Direi, no entanto, o seguinte: os espanhóis não foram, afinal, tão superiores aos nossos, mas souberam demonstrar mais oportunismo e capitalizar sobre ele de forma suficiente para chutar a equipa das quinas fora do Mundial. E não tiveram que se deparar com o que me pareceram ser as trapalhices do seu treinador: a saída de Hugo Almeida não teve outro efeito senão perturbar a concentração dos jogadores portugueses. Carlos Queiroz foi precipitado e infeliz nas várias substituições que impôs à equipa.

Por Duarte M. Miranda, Colaboração Especial

O Congresso Internacional sobre o Espírito Santo, por "vontade manifestada pelo Governo dos Açores" passa a realizar-se "bianualmente", com a sua quinta edição a ter lugar nos Açores em 2012, anunciou, sábado, o Secretário Regional da Presidência no Jantar do IV Congresso Internacional sobre o Espírito Santo, que decorreu em S. José, Califórnia, e juntou participantes, patrocinadores e delegações das Irmandades do Espírito Santo da Califórnia.


Acordo Ortográfico

Apesar das resistências encontradas na imprensa portuguesa em geral, o LusoPresse decidiu adoptar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa pelas razões que já tivemos a oportunidade  de referir noutro local.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.
 
Carlos de Jesus
Diretor
LusoPresse - 2019

Valid XHTML 1.0 Transitional