logo
rss  Vol. IX - Nº 129         Montreal, QC, Canadá - sábado, 04 de Julho de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContactos arrowÚltima hora arrowClima arrowEndereços úteis
Partilhe com os seus amigos: Facebook

Impacto de Montreal

Época 2006 já começou

Impacto.jpg
Confiantes - Joey Saputo (presidente), Nick de Santis (treinador), Kirk Wilson (reforço 2006), Mauro Biello (capitão) e Greg Sutton (guarda-redes) são a prova de que esperam uma época de 2006 igual ou melhor que a de 2005
Fotógrafo  - LusoPresse

LusoPresse – Os dirigentes do Impacto convidaram os jornalistas para uma conferência de Imprensa no passado dia 7 de Dezembro. O encontro teve lugar numa sala do Centre Claude Robillard, ali mesmo ao lado do terreno de jogo. O assunto daquele princípio de tarde teve a ver com a apresentação de um novo jogador, por sinal muito bom, oriundo dos Estados Unidos, e proveniente da equipa do Rochester, o maior rival do Impacto no campeonato. Outros assuntos prendiam-se com o prolongamento do contrato de dois dos jogadores mais fundamentais do Impacto, e do treinador.

A apresentação esteve a cargo de Stephane Banfi.

Falou primeiro o presidente Joey Saputo, que se disse muito contente por estar ali para anunciar a renovação dos contratos de Mauro Biello, capitão da equipa, e de Greg Sutton, o guarda-redes e para nós o melhor jogador da formação de Montreal, assim como a renovação do contrato do treinador Nick de Santis, prémio pelas duas belas épocas que realizou à frente dos destinos do Impacto.

Para o fim ficou o anúncio da contratação de Kirk Wilson, o americano melhor jogador do Rochester, uma das melhores formações que integram o Campeonato da United Soccer League.

Joey Saputo ainda falou no projecto do estádio, que começará a ser construído em 2006 de maneira a que a equipa já dispute o Campeonato de 2007 num estádio novo. Agradeceu aos seus colaboradores e aos sponsors.

Nick de Santis, sempre modesto, agradeceu as boas palavras do presidente e a confiança que lhe acabava de demonstrar com o prolongamento do seu contrato dizendo que tentará provar aquela confiança com bons resultados desportivos. Também disse o quanto está ansioso pelo início de época pois que «o trabalho de escritório, que também é preciso, é o que menos gosta».

Mauro Biello e Greg Sutton opinaram que a assinatura dos seus contratos são um bom «sinal de confiança», para o primeiro, apesar dos seus 34 anos; e um «bom incentivo para continuar a trabalhar numa equipa onde prima a estabilidade», no caso do segundo. No caso de Greg Sutton, que faz parte da Selecção do Canadá, não lhe interessa o projecto da equipa da Major Soccer League prevista para se instalar em Toronto. «Estou muito bem em Montreal», disse o gigante guarda-redes.

Algo tímido, Kirk Wilson, considerado o melhor marcador e jogador mais valioso do Rochester na época passada, respondeu aos jornalistas dizendo que a possibilidade de jogar em Montreal sempre lhe interessou, pois «é uma equipa estável economicamente e que luta sempre para o primeiro lugar».

Considerando a valia do reforço, que assinou por 2 anos, mais a renovação dos contratos de dois dos seus melhores elementos (Greg, assinou por 3 anos e Mauro por 2), é ideia dos analistas que o Impacto se prepara para mais um boa época em 2006.

No final abordámos Nick de Santis, que nos disse continuar a contar com António Ribeiro e acreditar na possibilidade de que a qualquer tempo poderá contar com um jogador oriundo de Portugal.

Entretanto, o Impacto já sabe que o seu primeiro jogo da época está previsto para o dia 23 de Abril, em Miami, onde defronta o Miami Futebol Clube. O primeiro jogo em casa só acontece a 21 de Maio. O Impacto dirimirá forças contra o Thunder de Minnesota, no Claude Robillard, às 16h00.

Desporto
LusoPresse – Os dirigentes do Impacto convidaram os jornalistas para uma conferência de Imprensa no passado dia 7 de Dezembro. O encontro teve lugar numa sala do Centre Claude Robillard, ali mesmo ao lado do terreno de jogo.
Impacto de Montreal.doc
 
yes
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020