logo
rss  Vol. VII - Nº 117         Montreal, QC, Canadá - quarta-feira, 25 de Novembro de 2020
arrowFicha Técnica arrowEstatutos arrowPesquisar arrowContacto arrowÚltima hora arrowClima
Partilhe com os seus amigos: Facebook

A partir de 2006

Impacto com novo estádio

Norberto Aguiar

Reportagem de Norberto Aguiar

A direcção do Impacto de Montreal acaba de anunciar que vai construir um estádio de 13 500 lugares – com possibilidades de chegar aos 17 000 – inteiramente dedicado ao futebol, uma modalidade cada vez mais em desenvolvimento no Quebeque -- e no Canadá -- isto por muito que doa aos inimigos locais desta modalidade desportiva.

EstadioSaputo.jpg

A novidade foi dada em conferência de Imprensa na quarta-feira, dia 4 de Maio, nas instalações cinematográficas dos Estúdios Mel’s, no Technoparc, muito perto da Auto-Estrada Bonaventure.

Presentes na conferência muitas personalidades do meio futebolístico montrealense e quebequense, caso do presidente da Federação de Futebol do Quebeque, Dominic Maestracci, e da política, com Gérald Tremblay à cabeça.

Foi Joey Saputo, presidente do clube, quem anunciou a novidade aos mais de 500 convivas, entre eles o seu pai, Lino Saputo, grande mecenas do projecto, pois Saputo, a companhia que fundou em 1954 quando apenas possuía 500 dólares no bolso, vai doar 7,5 milhões de dólares ao novo estádio, quando se sabe que a globalidade do projecto ascende a 15 milhões.

Na circunstância foram proferidas palavras de encorajamento a Joey Saputo, que juntamente com um grupo de amigos apaixonados por futebol, foram convencer o pai Lino, que não teve «coragem de dizer não» ao filho, que o Complexe Place du Public tinha condições para sobreviver.

Depois falaram outras individualidades, como a «maire» da freguesia do Sul-Oeste e o «maire» Tremblay, que pareceram enamorados pela importância e grandeza do projecto.

O Estádio Saputo, que abrirá as portas na Primavera de 2006, será assim a casa do Impacto de Montreal, equipa campeã da A-League o ano passado. Com a criação desta fenomenal estrutura futebolística, criada de forma a albergar uma escola de formação em permanência, o Quebeque vai certamente dar mais um passo em frente na liderança do futebol no Canadá.

Campeonato do Mundo Júnior de 2007

É tanto mais importante a construção do Estádio Saputo se tivermos em conta que, no mesmo dia, em Toronto, no decorrer duma conferência de Imprensa conjunta da Associação Canadiana de Futebol, da CONCACAF e da FIFA, era atribuída a Montreal a sede de um dos grupos do Mundial Canadiano de 2007.

Entretanto, sabendo-se dos problemas que pesam sobre a Cidade-Rainha, onde a construção dum estádio consentâneo com as responsabilidades dum Campeonato do Mundo de Futebol estão quase postas de lado, mais reforça a posição da nossa cidade em desempenhar um papel importante no decorrer de tamanha prova, a segunda do calendário da poderosa FIFA. Neste caso, Montreal beneficiaria, naturalmente, em detrimento de Toronto, dum jogo das meias-finais, já que a final estará reservada para Edmonton, cidade que já recebeu a final do Campeonato do Mundo de Futebol Feminino U-19, em jogo que opôs o Canadá aos Estados Unidos e que registou uma lotação de 60 mil espectadores (esgotada!). Curiosamente, caso seja retirado o grupo a Toronto, poderá muito bem ser a cidade quebequense de Sherbrooke a ser designada como cidade-sede do tal grupo. A ver vamos.

Apresentação pública do Impacto

Foi terça-feira, dia 10 de Março, que a equipa do Impacto foi apresentada ao público. E como já tinha acontecido em anos anteriores, o local escolhido foi a Place Desjardins, por ser um local central na cidade e por movimentar muita gente à hora do meio-dia. A sessão, que durou sensivelmente uma hora, foi muito concorrida de público como era desejável e se esperava.

Apresentados um a um, os jogadores fizeram as delícias da numerosa assistência, com o pontapear de bolas para o centro da Place, com o público a correr atrás do desejado esférico. E quem teve a sorte de agarrar a «menina», como dizem os nossos amigos brasileiros, com certeza que não vai faltar aos jogos, que têm início marcado para o próximo dia 29 de Março, ainda no Claude Robillard, em jogo contra Rochester, um dos grandes rivais do Impacto na corrida ao título de campeão 2005.

Na sessão do Complexo Desjardins também foram apresentados ao público os dois jogadores lusófonos da equipa, Zé Roberto e António Ribeiro.

Desporto
yes
A direcção do Impacto de Montreal acaba de anunciar que vai construir um estádio de 13 500 lugares – com possibilidades de chegar aos 17 000 – inteiramente dedicado ao futebol, uma modalidade cada vez mais em desenvolvimento no Quebeque.
A partir de 2006.doc
O tempo no resto do mundo

Arquivos

Acordo Ortográfico

O que é o novo acordo?

O LusoPresse decidiu adotar o novo acordo ortográfico da língua portuguesa.

Todavia, estamos em fase de transição e durante algum tempo, utilizaremos as duas formas ortográficas, a antiga e a nova.   Contamos com a compreensão dos nossos leitores.

Carlos de Jesus
Diretor

 
LusoPresse - 2020